A Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) divulga queda nas taxas dos juros cobrados ao consumidor em financiamentos.

De acordo com o acompanhamento realizado pela Anefac, todas as modalidades de crédito, com exceção do cartão de crédito, apresentam queda nas taxas de juros entre os meses de junho e julho de 2009.

A direção da Anefac alega que a queda, que já marca 5 pontos-base entre o sexto e o sétimo mês deste ano, pode ser consequência das reduções na taxa Selic promovidas pelo Banco Central. Além disso, a melhora representativa no plano econômico pode ter contribuído para esse novo cenário.


O BCE (Banco Central Europeu) manteve a taxa de juros da Zona Euro operando a 1%. O objetivo é aproveitar os sinais de estabilização da economia para reativar o mercado de crédito.

Analistas já previam a decisão e esperam que este patamar baixo dos juros se mantenha até meados de 2010.

Para efeito de comparação, a taxa SELIC, que é a taxa de referência – e, por isso, a menor do Brasil -, é atualmente 8,75% ao ano e é um índice historicamente baixo.

Porém, uma estimativa feita pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) indica que o juro cobrado no comércio brasileiro é praticado em 106% ao ano.

por Diego Diniz




CONTINUE NAVEGANDO: