Confira aqui quais são as ações que o Banrisul recomenda a compra e a venda neste mês de maio de 2017.

No mês de maio, Banrisul faz recomendação para que comprem nove ações para e vendam uma. Dessa forma, a corretora acaba por manter a estratégia de proteção da carteira por meio da posição vendida. A carteira recomendada é algo elaborado com o objetivo de oferecer as melhores alternativas de investimentos nas ações e facilitar a escolha do investidor.

A equipe que faz as análises na corretora Banrisul fez a divulgação de sua carteira recomendada para este mês. Mediante a indicação de investimento em nove ações e venda de uma, a empresa explica que tal apontamento leva em consideração vários fatores, como é o caso da análise gráfica e da fundamentalista, bem como as comparações entre pares, correlações estatísticas, entre outras.

De acordo com a corretora, por conta do recálculo das estimativas para os ativos que apresentam maior potencial, como é o caso da B2W e da Valid, implicou na diminuição das posições em ativos com volatilidade menor, como as ETFs do Ibovespa, a Cielo e a Fibria.

No mês de abril, a carteira recomendada apresentada pela corretora obteve valorização de 3,78% e o Ibovespa aumento 0,6% no mesmo período. Observa-se que, no que se refere ao acumulado do ano, os ganhos da carteira alcançam 16%, um valor quatro vezes mais elevado do que seria possível obter na renda fixa (8,6%). Nos últimos 12 meses, houve acúmulo de alta na carteira de 98% e no Ibovespa de 21,3%.

De acordo com a carteira, as empresas de risco alto são: Gafisa (peso 14%) e B2W Digital (peso 12%). Já as empresas de médio risco são: Valid (peso 16%); Cielo (peso 12%); BR Properties (peso 12%); Fibria (peso 11%); Embraer (peso 11%); Estácio (peso 11%); Totvs (peso 10%) e ETF do Ibovespa (peso -9%).

Analisando a carteira recomendada, observa-se que mantiveram a estratégia de proteger a carteira via posição vendida. Depois das fortes altas observadas em janeiro e fevereiro deste ano, alcançando patamares não observados desde 2012, a baixa que ocorreu no mês de março não fez com que se retirasse a atratividade de tal tipo de operação, de acordo com a corretora, que faz a recomendação de que sejam vendidas as ETFs do Ibovespa.

Iris Gonçalves


Confira aqui a lista de ações recomendadas pelas corretoras nestes mês de maio de 2017.

Confira as ações mais indicadas por 18 corretoras, onde as ações da Petrobras (PETR4) se mantiveram em primeiro lugar nas indicações dos bancos e corretoras. Veja:

Ativa

  • Via Varejo (VVAR11)
  • Ultrapar (UGPA3)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Klabin (KLBN11)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Equatorial (EQTL3)
  • BR Malls (BRML3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)

BB Investimentos

  • Santander Brasil (SANB11)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Kroton (KROT3)
  • Klabin (KLBN11)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Iochpe-Maxion (MYPK3)
  • Hypermarcas (HYPE3)
  • Hering (HGTX3)
  • Eletropaulo (ELPL4)
  • Cielo (CIEL3)

Bradesco

  • Usiminas (USIM5)
  • Suzano (SUZB5)
  • Renner (LREN3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Klabin (KLBN11)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Iochpe-Maxion (MYPK3)
  • Cesp (Cesp6)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • B3 (BVMF3)

Citi

  • Braskem (BRKM5)
  • Ecorodovias (ECOR3)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Iguatemi (IGTA3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Localiza (RENT3)
  • Lojas Americanas (LAME4)
  • Petrobras (PETR4)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Taesa (TAEE11)

Coinvalores

  • Vale (VALE5)
  • Smiles (SMLE3)
  • São Carlos (SCAR3)
  • Renner (LREN3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Iochpe-Maxion (MYPK3)
  • Iguatemi (IGTA3)
  • Hypermarcas (HYPE3)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Eztec (EZTC3)
  • Cosan (CSAN3)
  • Bradesco (BBDC4)
  • B3 (BVMF3)
  • Alupar (ALUP11)

Elite

  • Vale (VALE5)
  • Ultrapar (UGPA3)
  • Telefônica Brasil – Vivo (VIVT4)
  • Renner (LREN3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Localiza (RENT3)
  • Klabin (KLBN11)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Hypermarcas (HYPE3)
  • CCR (CCRO3)
  • BRF (BRFS3)
  • Bradesco (BBDC4)
  • BB Seguridade (BBSE3)
  • B3 (BVMF3)
  • Ambev (ABEV3)

Geração Futuro

  • Porto Seguro (PSSA3)
  • Marcopolo (POMO4)
  • Klabin (KLBN11)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Hering (HGTX3)
  • Grendene (GRND3)
  • CVC Brasil (CVCB3)
  • CSU Cardsystem (CARD3)
  • Bradesco (BBDC4)
  • Ambev (ABEV3)

Geral Investimentos

  • Valid (VLID3)
  • Tupy (TUPY3)
  • São Martinho (SMTO3)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Iguatemi (IGTA3)
  • Eztec (EZTC3)
  • Equatorial (EQTL3)
  • Bradesco (BBDC4)
  • Banrisul (BRSR6)

Guide

  • Weg (WEGE3)
  • Telefônica Brasil – Vivo (VIVT4)
  • Rumo (RAIL3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Multiplus (MPLU3)
  • M. Dias Branco (MDIA3)
  • Lojas Americanas (LAME4)
  • JSL (JSLG3)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • B3 (BVMF3)

Lerosa

  • Telefônica Brasil – Vivo (VIVT4)
  • Suzano (SUZB5)
  • Renner (LREN3)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Pão de Açúcar (PCAR4)
  • Klabin (KLBN11)
  • Hypermarcas (HYPE3)
  • BR Malls (BRML3)
  • BB Seguridade (BBSE3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • B3 (BVMF3)
  • Ambev (ABEV3)

Magliano

  • Vale (VALE3)
  • Usiminas (USIM5)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Fleury (FLRY3)
  • Cemig (CMIG4)
  • B3 (BVMF3)
  • Ambev (ABEV3)

Nova Futura

  • Vale (VALE5)
  • Sulamérica (SULA11)
  • Sabesp (SBSP3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Klabin (KLBN11)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Fibria (FIBR3)
  • Cielo (CIEL3)
  • BB Seguridade (BBSE3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • B3 (BVMF3)

Planner

  • Weg (WEGE3)
  • Telefônica Brasil – Vivo (VIVT4)
  • Taesa (TAEE11)
  • Petrobras (PETR4)
  • Multiplus (MPLU3)
  • Multiplan (MULT3)
  • Kroton (KROT3)
  • Klabin (KLBN1)
  • Itaúsa (ITSA4)
  • BB Seguridade (BBSE3)

Quantitas

  • SLC Agrícola (SLCE3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Multiplan (MULT3)
  • Metalúrgica Gerdau (GOAU4)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Hypermarcas (HYPE3)
  • Guararapes (GUAR3)
  • Grendene (GRND3)
  • Eztec (EZTC3)
  • BB Seguridade (BBSE3)
  • B3 (BVMF3)

Rico

  • Weg (WEGE3)
  • Sabesp (SBSP3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Minerva (BEEF3)
  • Lojas Americanas (LAME4)
  • JBS (JBSS3)
  • Itaúsa (ITSA4)
  • CSN (CSNA3)
  • Bradespar (BRAP4)
  • Bradesco (BBDC4)

Spinelli

  • Wiz (PARC3)
  • Suzano (SSBR3)
  • Springs Global (SGPS3)
  • Sonae Sierra (SSBR3)
  • SLC Agrícola (SLCE3)
  • Santander Brasil (SANB11)
  • Sanepar (SAPR4)
  • Rumo (RAIL3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Mills (MILS3)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Grendene (GRND3)
  • Fras-le (FRAS3)
  • Embraer (EMBR3)
  • Direcional (DIRR3)
  • Copasa (CSMG3)
  • BTG Pactual (BBTG11)
  • Braskem (BRKM5)
  • BR Properties (BRPR3)

Walpires

  • Smiles (SMLE3)
  • Sabesp (SBSP3)
  • Rumo (RAIL3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Pão de Açúcar (PCAR4)
  • Hypermarcas (HYPE3)
  • Hering (HGTX3)
  • Comgás (CGAS5)
  • Cemig (CMIG4)
  • Bradesco (BBDC4)

XP Investimentos

  • Vale (VALE5)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Pão de Açúcar (PCAR4)
  • Lojas Americanas (LAME4)
  • Itaú Unibanco (ITUB4)
  • Ecorodovias (ECOR3)
  • Cosan (CSAN3)
  • BR Malls (BRML3)
  • BB Seguridade (BBSE3)
  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • B3 (BVMF3)

FILIPE R SILVA


Confira aqui as ações de empresas indicadas pelas Corretoras neste mês de abril de 2017.

Para um ano recém-saído de um período de turbulências econômicas, 2017 parece dar mostras de quem poderá iniciar um período mais calmo, porém, com muitas surpresas ainda. Um exemplo disto é a reação no mercado econômico de papéis de empresas que foram alvo de muita polêmica no ano passado.

Um exemplo daquilo que promete ser uma da maiores surpresas em 2017 é crescente valorização das ações da Petrobras, cujo aporte de valores foi recomendado por quase 100% das corretoras de valores no país. Em segundo, se destacou o Itaú Unibanco e em terceiro a B3.

A indicação da estatal brasileira de petróleo foi corroborada pela Bradesco Corretora, que justificou o fato de que os preços do barril foram mantidos no mercado internacional, assim como o fato da recuperação da empresa no mercado internacional frente aos problemas judiciais enfrentados com a justiça dos Estados Unidos.

Segundo a avaliação da corretora, a Petrobras mostrou uma ampla recuperação, em virtude da adoção de políticas internas de reestruturação e corte de gastos, o que auxiliaram na eficiência em manter uma produção adequada de barris de petróleo, o que ajudou a manter estável a sua cotação internacional. Isto levou a uma recuperação de sua credibilidade frente aos investidores e possibilitou a sua reabilitação como estatal de peso frente ao mercado mundial.

A avaliação positiva do Itaú Unibanco feita pela Citi Corretora mostrou que a o balanço positivo da instituição publicado neste ano mostrou um lucro que deu maior credibilidade e estabilidade frente ao mercado econômico. O seu capital positivo mostrou aos investidores que o lucro é certo para uma organização bancária que é capaz de crescer através de um investimento próprio.

Para a B3, a sua avaliadora concluiu que a fusão da Bovespa, da Cetip e da BM&F, geraram um patrimônio positivo e um retorno garantido de lucro aos seus investidores, o que a credencia como uma das melhores ações para se investir atualmente no mercado, ao lado da Petrobrás e do Itaú Unibanco.

Emmanoel Gomes


Confira aqui a lista de 10 ações recomendada pela BTG Pactual neste mês de março de 2017.

BTG Pactual divulga a lista com as 10 ações que recomenda investir no mês de março de 2017. Os últimos anos, em especial no Brasil, não foram prósperos, nem tampouco seguros economicamente para os investidores. Entretanto a BTG prevê que apostas acertadas nesta época do ano trarão lucros futuros, uma vez que a previsão é de melhora na economia brasileira até o fim do ano. Para saber quais são as ações recomendadas e mais previsões de investimento, continue a ler o texto!

Na carteira recomendada para março, a escolha dos analistas foi manter a seleção de investimentos que já vinha anteriormente. Segundo eles, há a expectativa de queda na taxa de juros e melhora econômica com o passar do ano, por isso a permanência da seleção de investimentos.

Os setores em alta em relação as ações são os de infraestrutura. Isto se deve ao baixo custo de capital envolvido neste tipo de empreendimento. Estão enquadradas nesta gama empresas como a Vivo, a Light, Sanepar e Rumo. Além disso, bancos privados como Bradesco, cuja concorrência é baixa, são boas apostas devido à previsão da possibilidade de aumento de crédito.

Segue abaixo a carteira de investimentos do grupo BTG para Março:

  • Petrobras – Ticker: PETR4 – Peso 15%
  • Bradesco – Ticker: BBDC4 – Peso 15%
  • BM&F – Ticker: BVMF3 – Peso 10 %
  • Gerdau – Ticker: GGBR4 – Peso 10%
  • BR Malls – Ticker: BRML3 – Peso 10%
  • Telefonica Brasil – Ticker: VIVT4 – Peso 10%
  • Cosan – Ticker: CSAN3 – Peso 10%
  • Light – Ticker: LIGT3 – Peso 10%
  • Rumo – Ticker: RUMO3 – Peso 5%
  • Senepar – Ticker: SAPR4 – Peso 5%

A BTG pactual afirma ainda que vê vários motivos para melhora nas ações brasileiras. Fatores como o apoio político do Governo e os cortes de juros influenciam a subida das ações.

A BTG Pactual foi fundada em 1983 na cidade do Rio de Janeiro, como uma distribuidora de títulos e valores imobiliários. Este grupo preza pelo trabalho assíduo dos funcionários, a excelência e precisão dos resultados. Além disso, valores como hard-working, hands-on e desempenho individual.

Para obter mais informações e notícias a respeito da BTG Pactual ou suas recomendações de investimento é possível também acessar o site: https://www.btgpactual.com/home.

Por Carolina Costa





CONTINUE NAVEGANDO: