Negociação entre Oi e LetterOne podem garantir fusão entre Oi e TIM.

Foi confirmada a negociação de investimentos entre a Empresa de Telecomunicações Oi e o fundo russo LetterOne, o objetivo desse acordo é viabilizar a união da Oi com a Empresa TIM.

Estima-se que cerca de 4 milhões de reais serão investidos mensalmente pela LetterOne, durante 7 meses, para que a fusão seja realizada.

A união dessas duas gigantes das telecomunicações, se for confirmada, trará grandes vantagens para o consumidor, pois viabilizará o aperfeiçoamento dos serviços e o desenvolvimento das telecomunicações do país, tornando os serviços mais eficazes e com infra-estrutura mais completa e aprimorada.

Embora  as especulações sobre as negociações sejam grandes, o mercado continua cético quanto a fusão realmente se concretizar, pois existem inúmeras normas que ambas as empresas devem cumprir, como questões regulatórias que os orgãos responsáveis pela telecomunicação no Brasil exigem e também soluções para problemas financeiros, pois muito se especula publicamente sobre um endividamento por parte da Oi.

Quando questionado sobre a possível fusão da Tim com a Oi, o próprio presidente da TIM Rodrigo Abreu comentou: "Para  qualquer movimento de consolidação você tem algumas condições regulatórias e legais do ponto de vista do ambiente de regras para que isso aconteça", como informou o site da Reuters.

Ainda é um pouco cedo para saber se essas negociações irão continuar e se realmente a fusão irá ser concretizada, porém, o que sabemos é que essa possível fusão traria mais benefícios para os consumidores, que muitas vezes reclamam e com razão dos serviços prestados pelas empresas. A inião da Oi e da TIM traria um desenvolvimento em grande escala para as telecomunicações do Brasil, fomentaria mais investimentos na área e deixaria os consumidores dos serviços mais satisfeitos.

Prisca Fontes.





CONTINUE NAVEGANDO: