Cursos de curta duração visam ensinar os alunas a investir em ações e como controlar suas finanças pessoais.

A BM&FBovespa está oferecendo cursos gratuitos para aqueles que desejam atualizar seu conhecimento ou conhecer os métodos e meios de se fazer investimentos em ações no mercado nacional. A Bolsa também está oferecendo cursos gratuitos para aqueles que desejam ter uma melhor educação financeira nas suas contas de casa. Fator que deve ser considerado de extrema importância, afinal de contas, o endividamento do brasileiro atingiu níveis recordes recentemente, após a nova Matriz Econômica da presidente Dilma, em 2011.

As inscrições vão até o dia 16 de novembro para aqueles que tiverem interesse no curso denominado "Mulheres em Ação", que possui módulo de Educação Financeira voltada para as mulheres. Embora aparentemente não exista diferença real muito grande com o outro módulo, o "Master", que visa obter informações para conter e administrar os gastos pessoais e buscar novos pequenos investimentos. O último possui inscrições abertas até o dia 26 de novembro.

A carga horária dos cursos não é extensa, quatro e seis horas, respectivamente. O que mostra que o objetivo realmente é readequar os gastos dos participantes em tempos de crise, em uma extensão curta mas intensa. Os dois módulos e cursos são presenciais, assim como o curso sobre investimentos em ações. Este possui 5 horas de duração e mostra acontecimentos como: venda e compra de ações e a negociação dos contratos legais do processo.

Para aqueles que não puderem fazer o cursos presencial, a BM&FBovespa oferece uma espécie de "compacto", com os dois temas interligados, de forma virtual, que pode ser acessado aqui.

Para aqueles que tiverem interesse, as inscrições estão abertas na área educacional do site da Bolsa, que pode ser acessado aqui. Quem preferir pode ligar diretamente para a Central de Atendimento e receber novas informações, esclarecer suas dúvidas, etc. O site também oferece outras opções de curso, o qual os interessados ou curiosos podem conferir aqui.

Gabriel Mazzo Cândido


Há grandes expectativas de que a BM&FBovespa e a Cetip sejam unificadas, aumentando, assim, a presença da primeira no mercado de renda fixa e da segunda no mercado de derivados.

Foi confirmada a negociação sobre possível fusão entre a  BM&FBovespa e a Cetip.

Os trabalhos de negociações para que a fusão aconteça, se forem bem sucedidos, serão bem interessantes para a BM&FBovespa evoluir no mercado da renda fixa, já que a sua presença ainda é pequena, mesmo com esforço para conseguir mais investidores. Dessa maneira a BM&FBovespa conseguiria amenizar suas quedas no mercado das ações, que tem apresentado baixa considerável na qualidade de negociação e saída também de várias empresas, por razão da falta de novas aberturas de capital. Vale lembrar que ambas as empresas têm planos de entrar nas áreas uma da outra. A vantagem para a Cetip seria conseguir uma parte do mercado de derivados, que é o que movimenta a BM&FBovespa e gera a maior parte de seus lucros.

A questão é que a proposta feita pela BM&FBovespa pode dificultar bastante a criação de uma nova bolsa de valores no Brasil. Ainda não foi informado se o objetivo da ICE em abrir uma nova bolsa irá continuar depois de ter sua participação bastante relevante na BM&FBovespa com a união. Essas operações também levarão a um crescimento da concentração do setor de serviços financeiros, que hoje é completamente controlado  no setor de mercados capitais pela BM&Bovespa, que tem o domínio  das negociações de ações  dos derivativos. Nesse caso, é fundamental a análise do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Hoje a  BM&FBovespa aguarda com R$ 450 milhões que adquiriu  com a venda da parte que a CME tinha participação, valor que também pode ser utilizado na negociação da possível fusão,.

Enquanto a Cetip, em ação importante a parte, já afirmou que existe mesmo essas especulações, mas insistiu que até o momento, ainda não tem nenhuma proposta a respeito dos termos e codicionamentos de uma possível negociação.

Para mais informações e acompanhamento das próximas negociações, acesse ao site oficial da  BM&FBovespa através do link  www.bmfbovespa.com.br/home.aspx?idioma=pt-br e também o Portal online da Cetip, através do endereço eletrônico  www.cetip.com.br e acompanhe notícias diárias sobre essas duas grandes organizações que desempenham papéis tão importantes no mercado financeiro do nosso país.

Por Prisca Fontes

BM&FBovespa e Cetip





CONTINUE NAVEGANDO: