Melhores Investimentos para 2021



Confira aqui algumas dicas para você começar a investir em 2021.

O ano de 2020 foi bastante agitado para todos. De fato, a grande crise de saúde causada pelo coronavírus teve um impacto significativo na economia mundial. Todos os investidores esperam que tudo recomece em 2021 e que haja crescimento. Você também quer que suas finanças decolem no próximo ano? Aqui estão as melhores dicas de investimentos que você deve investir em 2021.

Tesouro Selic

Para quem procura soluções de investimento que gerem rendimentos regulares e com poucos riscos de gestão, o Tesouro Selic é o início de tudo. O rendimento é dado seguindo a taxa básica de juros do Brasil (Selic) e você pode retirar seu dinheiro a todo momento que quiser, e isso em até um dia útil. Ou seja, quase 0 de risco.



CDBs

É também considerado um investimento de curto prazo, com a proposta de investimentos de até 3 anos. Além disso, é um tipo de investimento muito parecido com o Tesouro Selic, a rentabilidade é baseada de acordo com as taxas de juros. Porém, o que difere da Selic é que para receber o dinheiro na retirada, alguns dos CDBs só é possível receber no vencimento do título,que é bastante variável de um para outro.

ETFs para quem está começando na bolsa de valores

As novas carteiras de ETFs são bastante interessantes para os que começaram a investir na bolsa de valores há pouco tempo. Isso porque você compra diversas ações em uma só, facilitando o processo de investimento. Além disso, os ETFs podem atingir seus objetivos financeiros com mais facilidade, definindo suas metas para que possam permanecer no caminho certo.

Leia também:  Dívida pública federal voltou a crescer em agosto


Um exemplo prático é: ao comprar o BOVA11, o ETF acompanha os diversos índices junto com ele, que ao total são mais de 70.

Esses são os prós, os contras incluem a alta taxa de variação e consequentemente a não garantia de lucratividade.

TESOURO IPCA

Agora, vamos falar de um bom investimento de longo prazo. É o caso do Tesouro IPCA, do Tesouro Direto, é indicado para objetivos de 20 a 30 anos. Mas, de fato, não é indicado para todo perfil de investidor, neste caso do IPCA, é indicado já ter a reserva de emergência (primeiro passo para investir com sabedoria). Principalmente porque, esse tipo de investimento traz alguns riscos, como por exemplo, se pedir a retirada antes da data estipulada do título, corre o risco de sacar um valor menor do que investiu nele.

Investir na Bolsa é para quem?

Adequado para todos os públicos, desde que você se interesse o suficiente pelo ambiente geral das empresas em que investe.

O mercado de ações é principalmente reservado para comerciantes e investidores que gostam de desafiar o risco. Se você não tem um certo apetite por isso, procure outros tipos de investimentos. Caso contrário, você também pode praticar simulações disponíveis em carteiras virtuais.

Você também pode passar por um profissional do mercado financeiro. De qualquer forma, é melhor começar pequeno. Isso permite que você teste o que está acontecendo e coloque as mãos na massa antes de pular no fundo do poço do mercado de ações.

Quanto dinheiro se deve investir?

Na verdade, não há um valor específico em termos de quanto investir em ações. Você pode comprar o valor com o qual se sentir confortável. De modo geral, você pode até investir mais em empresas de baixo risco.

Leia também:  Impactos na economia com a possibilidade de Lula ser nomeado Ministro

Para ações, o princípio é mais sobre diversificação do que quantidade. De fato, é recomendável investir em várias empresas de diversos setores.Além disso, diversificando entre ações e títulos é possível complementar. Uma queda global nos preços das ações teria efeitos positivos sobre os rendimentos dos títulos, por meio da mecânica da taxa de juros.

M.C

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *