Como Investir Pouco e Ganhar Dinheiro



Confira aqui algumas dicas de aplicações financeiras que requerem pouco investimento.

Se você tem dúvida de como investir em aplicações financeiras com pouco dinheiro, esta matéria irá lhe auxiliar a sair do lugar. Primeiramente, precisamos entender que o cenário financeiro mudou e é importante você entender o contexto que a gente estava vivendo e o contexto que vivemos atualmente, para que suas tomadas de decisões possam ser mais assertivas com bons resultados.

Se você é o investidor que está iniciando agora no mercado financeiro, precisa entender como estava o Brasil no final de 2018. Nós tínhamos um PIB de 1,1%, a Selic, a nossa taxa básica de juros ela estava em 6,5%, e o desemprego estava em 11,8%, à inflação em 3,75%, nosso mercado estava com 813 mil CPFs na bolsa de valores, 3.113.000 CPFs no Tesouro, sendo que destes apenas 786 mil eram ativos. A realidade em 2019 possuía um aspecto intrigante, crescimento do PIB de 1%, ainda não havia efetivado o dado fechado, depois Selic 4,5% ao ano, desemprego 11,6%, inflação 4,31%, Bolsa de Valores 1.678.000 CPFs e o Tesouro Direto 5.400.000 CPFs e desses 1.170.000 ativos. Qual a conclusão analisando estes dados? De fatos os dados financeiros, pouca coisa mudou, mas o número de CPFS na bolsa aumentou astronomicamente, assim como o número de pessoas no tesouro e os investimentos em fundos imobiliários, esses dispararam abismalmente.



As maiorias das pessoas que se iniciam neste mercado, realiza investimentos onde os valores investidos se multiplicam absurdamente, e em meio a essa situação as pessoas perdem todo o valor investido. Portanto, antes de mais nada, você precisa definir seu plano de fuga. O que você precisa fazer para criar um fundo de emergência? Você deve ter pelo menos seis meses do seu custo mensal investido em um fundo que pode resgatar a qualquer momento ou em um aplicativo que pode ser usado como Tesouro do Selic com muita segurança. Você criou um fundo de emergência? A ideia é que você comece a investir em outros ativos em um prazo um pouco mais longo. Uma ótima alternativa é investir em fundos imobiliários ou pensar em ações. Fundos imobiliários, você pode investir a partir de R$ 30, você investe valores menores e o pagamento da renda é feito mensalmente.

Leia também:  Dólar superou os R$ 2,90 em 23 de fevereiro

Uma solução ideal para novos investidores é começar no mercado financeiro para entender a dinâmica do mercado. Até então, é importante que você aprenda, teste e valide a operação. Você pode estar se perguntando: "Bem, mas estou comprando ações ou imóveis?" Estou te dizendo: compre os dois. Diversifique sua carteira de investimentos, essa abordagem o ajudará a sobreviver no mercado no longo prazo. Diversifique sua carteira de investimentos! A metodologia de investimento ideal é essencialmente a seguinte: Imagine que você está investindo em uma renda estável. Se você investir apenas em renda constante, perderá algumas opções à medida que a taxa de juros cair e seu lucro diminuir. Então, no que você está começando a pensar? Investindo também em fundos imobiliários, pois assim receberei uma renda mensal por conta própria. E ao ver isso, você também está investindo em ações e pode se perder nessa forma de diversificação do portfólio ao invés de alcançar os resultados esperados.



A solução ideal para diversificar sua carteira de investimentos é aplicar o valor da seguinte forma: 25% em renda fixa, 25% em ações brasileiras, 25% em imóveis e 25% em investimentos estrangeiros. Alguns investidores estão preocupados em investir em mercados internacionais, mas aqui vai uma dica de ouro: primeiro, você pode investir em BDR (BDR do Google, Facebook, Disney e algumas outras empresas, e você pode converter BDR em ações externas a qualquer momento). Além disso, você pode, por exemplo, abrir uma conta em um corretor estrangeiro. É factível, fácil, mas muitas pessoas acabam investindo lá, esquecendo do imposto de renda. Portanto, preste atenção a esses detalhes. Então você cria uma carteira que, por mais oscilante que seja, o objetivo principal é sempre equilibrar os ganhos e as perdas que podem eventualmente ocorrer, proporcionando uma fórmula mais segura para investir com pouco dinheiro, com resultados satisfatórios.

Leia também:  Reforma Trabalhista - O Que Muda para o Trabalhador?

Texto de Adriana Silva Souza

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *