Nubank lança Conta para Pequenas Empresas





Mercado das Pequenas Empresas ainda é pouco explorado pelas empresas.

Desde o último dia 16 de julho de 2019, a fintech brasileira Nubank passou a atuar no mercado corporativo, a partir de um projeto piloto, com objetivo de oferecer conta corrente para pequenas empresas. O foco da Nubank é exclusivamente nos MEIs (Microempreendedores individuais) e profissionais autônomos.

A Nubank realizará um teste inicialmente com uma quantidade de até 10 mil clientes da sua base de dados. Entre os requisitos para seleção dessas empresas exige que o interessado seja cliente Nubank com conta pessoa física e essa empresa tem que ter um único dono, como é os casos das MEIs. Na base da própria fintech existe com esse perfil cerca de meio milhão de clientes, no entanto o objetivo é ir muito além desses números. Segundo a Receita Federal existem no Brasil hoje em dia cerca de 20 milhões de pessoas jurídicas.

Veja também:  Ford anuncia Fechamento da Fábrica de São Bernardo do Campo



Nubank não pretender atender as grandes empresas

A cofundadora e vice-presidente do Nubank, Cristina Junqueira, disse ao jornal ao Estadão/Broadcast que o banco não tem pretensão de atender as grandes empresas, que geralmente tem necessidades mais sofisticadas. Segundo ela, visam atender bem e de forma diferenciada o segmento de pequenas e micro empresas, que é a grande maioria do universo corporativo e ainda é um público muito negligenciado.

Como vai funcionar a conta corrente pessoa jurídica Nubank

Inicialmente a conta corrente pessoa jurídica Nubank terá uma versão básica. Terá pagamentos de impostos e contas, transferências financeiras entre usuários da fintech, além de outros bancos e pagamento de boletos. E possivelmente ainda que até o final do ano de 2019, a Nubank deve lançar o cartão de débito pessoa juridica.


Conta corrente pode somente cobrar para realizar saques

O valor para ter uma conta jurídica no Nubank ainda não está fechado. Segundo Cristina, a ideia é replicar a NuConta, de pessoa física, que é já usada por mais de 7 milhões de pessoas no Brasil, que realiza somente a cobrança para saques.

Veja também:  Venda da Netshoes - Centauro faz oferta de Compra

Serviços conta corrente pessoa jurídica Nubank

A Nubank que entrar também, com a conta de pessoa jurídica, nas áreas de crédito e pagamentos. Os testes que estão sendo realizado, segundo Cristina, devem ajudar a Nubank a conhecer e entender melhor as demandas das pequenas empresas. Todos os clientes de pequenas empresas são alvos da Nubank nesta primeira fase, já que a fintech não traçou nenhum tipo de restrição para clientes. Os cliente micro empresas podem ser desde manicures, até médicos, entre outros profissionais, isso independente do faturamento. Todos podem ser clientes pessoa jurídica do Nubank, no entanto, devem preencher os requisitos de profissionais liberais e pequenos empreendedores.

Na avaliação da cofundadora e vice-presidente do Nubank, em uma crítica em relação ao desprestígio das pequenas empresas com às grandes instituições financeiras do Brasil, essas representam as “últimas na fila do pão”.

Veja também:  Previsão de Inflação e PIB no Brasil em 2019

Demanda solicitação de conta corrente pessoa jurídica

Segundo a vice presidente do Banco, na base da startup, em buscas realizadas de e-mails, foi identificado 800 mil e-mails nas quais foram solicitados por clientes a abertura de uma conta de pessoa jurídica.

O Nubank é o maior fintech da América Latina, sendo avaliada em US$ 4 bilhões. A startup no mês de junho de 2019 passou a marca de 10 milhões de clientes com seu cartão de crédito. A empresa espera até o final do anos de 2019 ter 14 milhões de clientes.

Adoniran Peres



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *