Itaú compra Varejo do Citibank no Brasil



  

Compra custou ao Itaú cerca de R$ 710 milhões e envolve apenas os negócios de Varejo do Citibank.

No último sábado, dia 08 de outubro, foi anunciado (pelo site do Itaú) a venda dos negócios de varejo do Citibank que está instalado no Brasil. O comprador foi o banco Itaú Unibanco Holding S.A., que pagou pelas operações do Citi o equivalente a R$ 710 milhões de reais.

Como todos sabem, o Citibank é uma agência bancária que atua globalmente, atuando por meio de mais de 3.000 filiais distribuídas em 36 países no mundo todo. Só os Estados Unidos possui cerca de 26% das agências. No total são 983 filiais norte-americanas que atuam nas grandes metrópoles. No Brasil, a operação varejista do Citibank possui 71 agências que possuem aproximadamente 315 mil clientes correntistas, que fazem a movimentação de R$ 35 bilhões entre ativos e depósitos (valor baseado na movimentação até dezembro de 2015), mais os rendimentos de cartões de crédito, cujo valor é de 1,1 milhão e o valor referente à carteira de crédito, que é de R$ 6 bilhões.

Veja também:  IRPF 2018 - Como Declarar FGTS Inativo

Após a aquisição das operações de varejo do Citibank, cuja negociação durou aproximadamente dez meses, o Itaú contará com R$ 1.404 trilhão somente em ativos. Pois acaba de adquirir cartões de crédito, empréstimos, gestão de recursos, depósitos, agências, seguros para corretagem, além claro, das inúmeras participações de sociedade que o Citibank mantinha, como com a Tecnologia Bancária S.A – TECBAN (que possui uma representação de 5,64% do total de capital de sócios) e com a Companhia Brasileira de Securitização (cuja participação representa 3,60% do capital social).





Além das operações de varejo do Brasil, o Citigroup também se manifestou sobre planos de venda de suas operações na Colômbia, Argentina e Venezuela. Ao concluir a operação de venda para o banco Itaú, não existirá mais ligação com o grupo Citibank.

Veja também:  Lucro do FGTS - Como Sacar, Quando e Quem Tem Direito

Existem algumas condições a serem cumpridas antes da conclusão da negociação. Dentre essas condições incluem-se aprovações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e do Banco Central do Brasil.

Porém, o mais importante é que os clientes do Citibank poderão contar sempre com suporte, eficiência e atendimento digital, de forma que os serviços digitais ocupam um valor de 95% das operações. Além de todos os serviços, também serão oferecidos atendimento nas agências (que são mais de quatro mil) e em postos para atendimento (que contam com 44 mil caixas eletrônicos) distribuídos em todo Brasil.

Sirlene Montes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *