Telecom irá investir R$ 14 bi no Brasil



A companhia Telecom, operadora que possui o controle majoritário da brasileira TIM, anunciou que está disposta a investir no Brasil R$ 14 bilhões até o ano de 2017. O pronunciamento ficou por conta do Presidente da Telecom, Marco Patuano, através de uma teleconferência na sexta-feira, 20 de fevereiro.

A empresa desenhou como plano estratégico, o investimento de até 14,5 bilhões de euros entre os anos de 2015 e 2017 a nível mundial. Deste valor total de investimentos, 10 bilhões são reservados à Itália. 



No Brasil, a empresa pretende financiar os seus investimentos por meio dos recursos de torres vendidas e a redução do pagamento dos dividendos aos acionistas da operadora TIM. O valor a ser investido nesta empresa de telefonia brasileira é R$ 2 bilhões superior ao que era previsto em termos de crescimento.

De acordo com o Presidente do Grupo italiano, os investimentos que serão feitos no Brasil serão destinados, principalmente, à banda larga móvel e doméstica (fibra e rede com alta velocidade). A intenção da Telecom é ampliar o raio de alcance da cobertura 4G para que ela possa estar funcionando em 15 mil locais e que a cobertura 3G seja aumentada para 14 mil locais. Esses números estão previstos para serem alcançados até 2017. 



Ainda de acordo com as expectativas da organização em terras brasileiras, é esperado que o lucro da Telecom apresente um crescimento contínuo durante estes três anos até 2017, ano-meta. Já na Itália o lucro deverá ser estabilizado em 2016 e voltará a crescer em 2017. Este lucro esperado pela companhia italiana é o calculado antes do desconto de juros, amortização, impostos e depreciação, chamado de Ebitda.

Durante a teleconferência, o CEO da Telecom, Giuseppe Recchi, informou que a empresa está buscando lidar da melhor forma possível com as leis regulatórias de países como Espanha e Estados Unidos que reprimem investimentos de forma mais dura.

Leia também:  Banco Central divulga pesquisa cambial do Brasil

O plano estratégico realizado para os anos de 2015 a 2017 indica que realizando esses investimentos bilionários, em três anos o Grupo economizará 1 bilhão de euros com atividades relativas à eficiência.

Por Melina Menezes

Telecom

Foto: Divulgação

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *