Reino Unido prepara plano para que a Grécia saia da zona do euro



Visando melhorar a situação na zona do euro, o governo britânico está desenvolvendo os planos de contingência para a preparação de uma possível (e inevitável) retirada da Grécia. Os planos ainda preveem a instabilidade do mercado por conta da medida, afirmou neste domingo o ministro das Finanças do Reino Unido, George Osborne. Até o momento nenhum porta-voz do governo se pronunciou ou ofereceu detalhes do plano.

O Reino Unido informou que o empecilho entre o novo governo da Grécia e a zona do euro aumenta os arrojos para a economia global e da Europa como um todo. "É por isso que eu vou amanhã para o G-20 para incentivar os nossos parceiros a resolver esta crise. É por isso que estamos intensificando o planejamento de contingência aqui", disse Osborne, em uma entrevista concedida à rede BBC.



"Temos que ter certeza de que não vamos acrescentar, neste momento crítico em que a Grã-Bretanha também está enfrentando uma escolha crítica, instabilidade no exterior com instabilidade em casa", completou Osborne. Esta semana o ministro irá a Istambul para se encontrar com outros ministros das Finanças do G-20.

Tanto Osborne quanto o primeiro-ministro David Cameron se utilizam da situação da Grécia para discutir uma possível continuação dos planos do governo para prosseguir com a austeridade. Eles observaram que a Grécia havia optado por permanecer na zona do euro, e tinha, inclusive, trabalhado duro para isso.



"Se a Grécia deixar o euro, isso geraria instabilidade real nos mercados financeiros da Europa", disse. "É por isso que temos de evitar que esta crise fique fora de controle, é por isso que nós temos que ter certeza de que temos um esforço internacional para resolver o impasse e, aqui na Grã-Bretanha, intensificar o nosso planejamento de contingência para se preparar para o que quer que caia sobre nós", completou o ministro. 

Leia também:  Previsão de Crescimento da Economia Brasileira em 2012

Por Ana Rosa Martins Rocha

Gr?cia pode asir da zona do euro

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *