Fluxo cambial ficou positivo em janeiro de 2015 no Brasil



A nova equipe econômica do Governo Dilma tomou posse sob um clima de confiança, embora o atual ciclo econômico interno seja de aperto monetário. Contudo, o cenário mundial atual é de liquidez internacional fazendo com que o Brasil volte a ser novamente um mercado atrativo para novos investimentos produtivos e especulativos. Isso foi observado no primeiro mês do ano em curso.

O fluxo cambial em janeiro de 2015 ficou positivo e registrou saldo de US$ 3,903 bilhões. No mesmo mês de 2014 esse saldo registrou US$ 1,610 bilhão. O volume de recursos que saiu do País no ano passado ficou em US$ 9,287 bilhões, valor esse maior que os recursos que entraram no Brasil. No mês de dezembro de 2014, o ingresso de dólares por esse segmento superou o envio em US$ 4,118 bilhões, diferença entre entradas de US$ 51,459 bilhões e saídas de US$ 47,341 bilhões.



Os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessa de lucro e pagamento de juros, entre outras operações compõem os fluxos decapitais da área financeira. Segundo especialistas da área econômica, essa foi a primeira vez no acumulado de um mês que as operações financeiras saíram do vermelho, desde outubro de 2014. Esses dados foram observados pelo BC – Banco Central do Brasil – em janeiro de 2015.

Ainda no ano passado a balança comercial brasileira registrou saldo negativo de US$ 215 milhões, com exportações de US$ 15,389 bilhões e importações de US$ 15,604 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 3,630 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 3,059 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 8,700 bilhões em outras entradas.

Leia também:  Empresa CCR - Demonstrações Financeiras de 2011


Segundo o Banco Central, as perspectivas de melhoras na economia estão sendo sentidas. Entre 26/01/2015 e 30/01/2015 houve uma entrada de dólares no Brasil maior que a saída, ficando positiva em US$ 3,241 bilhões. O comércio exterior, no mesmo período, contabilizou saldo positivo em US$ 817 milhões, com importações de US$ 3,743 bilhões e exportações de US$ 4,560 bilhões. Na conta de exportações, estão incluídos US$ 1,095 bilhão em ACC, US$ 1,040 bilhão em PA e US$ 2,424 bilhões em outras entradas.

Com relação ao fluxo cambial semanal de 26 a 30 de janeiro foi o maior do mês até agora. Na primeira semana completa de janeiro (de 5 a 9) houve uma saída líquida de US$ 1,318 bilhão. O período entre os dias 12 a 16 de janeiro registrou um volume de entradas, já descontadas as retiradas, que foi de US$ 2,310 bilhões e, de 19 a 23 de janeiro de 2015, de US$ 756 milhões.

Por Alexandre de Sá

D?lar

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *