BOVESVA – Fundos Imobiliários 2013



Fundos imobiliários sempre pareceram uma modalidade bastante segura de investimento. Nos últimos anos registraram altos rendimentos deixando os investidores confortáveis para colocar o seu dinheiro nesses grupos, no Brasil atualmente existem por volta de 100 fundos desse tipo disponíveis a investidores na BOVESPA.

O fato é que no início deste ano a confiança nessa modalidade de aplicação foi pela primeira vez em anos abalada, acumulando uma queda de 1,53% desde o início de 2013, somente em Abril a queda foi de 1,9%.



Especialistas atribuem as altas dos últimos anos a uma combinação de fatores e entre eles a redução da taxa básica de juros, melhoria na taxa de emprego do país, aumento de renda e flexibilização do mercado imobiliário.  Alguns destes fatores estão estagnados e têm gerado desconfiança no mercado.

A taxa básica de juros parou de cair e existem rumores sobre um reajuste que seria utilizado para conter a inflação pelo Governo Federal. Além disso, a economia de uma maneira geral está dando claros sinais de falta de fôlego e algumas previsões bastante pessimistas já começam a aparecer. A saída dos investidores é procurar modalidades mais conservadoras com rendimentos atrelados ás Selic. 



Nada indica que esses fundos deixem de fazer parte das carteiras de investimentos, no entanto, parece que o auge dos fundos imobiliários passou e seu comportamento vai se modificar daqui para frente.

Por Bruno Hardt

Leia também:  Crise Europeia não deve afetar Bolsas no Brasil

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *