Brasil perde força econômica e política na América Latina



Desde o início de seu governo, Dilma Roussef buscou aumentar os relacionamentos com países europeus, com a China e os Estados Unidos.

Nesta política internacional, o Brasil deixou de lado a América Latina e o reflexo disso já é sentido, pois as exportações do Brasil para países latinos diminuíram até outubro de 2012 em 11,3%.



Além disso, os investimentos do país na América Latina tiveram uma redução de 34% causando, com isso, um menor volume de negócios na região o que, de certa forma, está atrapalhando as tentativas de manter o crescimento da economia no Brasil.

Desta forma está ocorrendo uma perda do valor político e econômico do Brasil na região da América Latina que causa desconfiança dos outros países e diminuição em seu papel de liderança local.



Fonte: Reuters

Por Ana Camila Neves Morais

Leia também:  Taxa de juros cai novamente no Brasil

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *