Facebook abre Capital e Cofundador Brasileiro Ganha Destaque na Mídia



O brasileiro Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, foi alvo de críticas quando anunciou sua renúncia como cidadão americano, em janeiro de 2011. Na época, Saverin afirmou durante uma entrevista para o jornal The New York Times que ele se considerava um cidadão global, por isso poderia pedir a renúncia sem problemas. Mas, segundo a mídia dos EUA, Saverin teria feito uma jogada para driblar o pagamento de impostos no país.

Agora, após a abertura de capital da rede social, o brasileiro é novamente assunto da imprensa. Com a entrada do Facebook na bolsa de valores, estima-se que Saverin poderá lucrar até US$ 3 bilhões.



Além disso, no dia 17 de maio, o brasileiro foi alvo de críticas por dois senadores americanos. Um deles, o senador Charles Schumer, declarou que é enfurecedor ver alguém vender o país que o recebeu de braços abertos e ajudou-o a enriquecer.

Saverin, que reside em Cingapura desde 2009 (local cuja legislação não inclui impostos sobre ganhos de capital), afirmou que pagará diversos impostos para o governo americano. Além disso, parabenizou Zuckerberg por tornar o mundo um lugar mais conectado.



Fonte: Comunique-se

Por Camila Caetano

Leia também:  PIB Brasil em 2009 - Crise e Problemas Climáticos afetaram setor Agropecuário

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *