Índice de Preços ao Produtor (IPP) – Março de 2012



O Índice de Preços ao Produtor (IPP) variou 1,05% em março se comparado a fevereiro, quando o indicador fechou em -0,42%. O nível do IPP foi o segundo mais alto desde dezembro de 2010. Os dados foram divulgados na sexta-feira (dia 27 de abril) pelo IBGE.

Se relacionado ao mês de março do ano passado, o IPP variou 1,37% em março deste ano. Já quando se leva em consideração apenas os três primeiros meses do ano, a variação foi de 0,19%.



O resultado foi impulsionado por 18 das 23 atividades analisadas pela pesquisa. As maiores altas foram sofridas pelos setores de equipamentos de transporte (2,56%), papel e celulose (3,82%), fumo (4,28%) e equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (4,7%).

Já em relação ao acumulado do ano, a variação de 0,19% foi influenciada principalmente pelos segmentos de fabricação de máquinas e equipamentos (2,41%), de confecção de artigos de vestuário e acessórios (2,56%), de papel e celulose (3,07%) e de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (6,11%).



Comparando-se com o mês de março do ano passado, a alta de 1,37% ocorreu devido às variações dos seguintes setores: fumo (6,43%), têxtil (-7,07%), bebidas (8,86%) e calçados e artigos de couro (16,4%).

Fonte: IBGE

Por Matheus Camargo

Leia também:  Indicadores da Economia Brasileira - Previsões para 2010 e 2011

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *