Governo quer Aumentar a Competitividade da Indústria



Em reunião com representantes do setor têxtil (ABIT), de móveis (Abimovel), de componentes para veículos (Sindipeças) e aeroespaciais (AIAB), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que novas medidas deverão ser tomadas no sentido de melhorar a competitividade da indústria. Dentre as ações está a desoneração da folha de pagamento de vários segmentos da indústria, diminuindo o custo do funcionário para a fábrica.

A princípio, o ministro informou que pretende diminuir a alíquota de contribuição sobre o faturamento bruto das empresas para menos de 1,5%, como uma maneira de troca da desoneração da folha de pagamento. Apesar de ter citado uma porcentagem, Mantega também disse que não há nenhum valor especificado.



Já no ano passado, os setores de Tecnologia da Informação, calçados, vestuário e acessórios tiveram a contribuição patrimonial reduzida para zero. Como retorno, os empresários passaram a pagar 1,5% sobre o faturamento bruto, dependendo do setor.

Segundo Mantega, o objetivo é permitir que a indústria brasileira possa competir com a de outros países, que também estão reduzindo o custo do trabalho. De qualquer forma, o ministro afirmou que a medida não trará nenhum prejuízo aos trabalhadores.



Fonte: Ministério da Fazenda

Por Matheus Camargo

Leia também:  Crise Grécia - Ministro Grego vê Lentidão as Medidas tomadas pela União Européia

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *