Crescimento do PIB do G20 em 2011



O PIB total dos países agregados que formam o G20 foi divulgado pela primeira vez por meio de uma iniciativa conjunta que envolve órgãos como o FMI (Fundo Monetário Internacional), OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), BIS (Banco de Compensações Internacionais), BCE (Banco Central Europeu), Eurostat, ONU (Organização das Nações Unidas) e Banco Mundial.

O G20 é um grupo composto por economias mais industrializadas e países emergentes. Fazem parte do grupo: África do Sul, Arábia Saudita, Alemanha, Argentina, Brasil, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, China, Estados Unidos, Índia, França, Indonésia, Japão, Itália, México, Rússia, Reino Unido, Turquia, além da União Europeia. Juntos, estes membros apresentaram um crescimento no PIB de 2,8% em 2011, de acordo com informação da OCDE. Um resultado um pouco desapontador se comparado ao crescimento de 5% em 2010.



Os principais destaques que influenciaram o número do PIB foram os Estados Unidos, Índia, Indonésia, China, Japão e a União Europeia.

Enquanto os Estados Unidos, a Índia e a Indonésia apresentaram crescimento, a China, o Japão e a União Europeia tiveram uma desaceleração e recuaram na comparação trimestral.



A partir de agora, os dados serão sempre divulgados pela OCDE cerca de 70 dias após o último trimestre analisado. É uma forma de observarmos o andamento econômico do G20.

Por Anne A. Matioli Dias

Leia também:  Petrobras divulgará o balanço referente ao 1º trim de 2015

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *