Correio Norte-Americano anuncia corte de 35 Mil Empregos



A partir do mês de maio, o correio norte-americano começará a demitir parte de seus funcionários para reduzir os custos em até US$ 20 bilhões.

Ao que tudo indica, serão mais de 200 centros de processamento de correspondências fechados por causa dos tais custos operacionais. Dessa forma, a instituição vai cortar o equivalente a 35 mil postos de trabalho.



A principal meta é que até 2015 o segmento volte a gerar lucros significativos, já que nos últimos anos os custos operacionais deram muita dor de cabeça para a empresa.

Não se sabe ainda o prejuízo que isso irá causar para milhares de famílias americanas. Além disso, outra dúvida que paira no ar é sobre quais setores que irão abrigar estes futuros desempregados.



O USPS (sigla do correio dos Estados Unidos) lamenta o ocorrido, mas justifica os cortes. Em prol de uma melhora na expectativa global de todo um segmento empresarial, no caso, do próprio correio, sacrifícios devem ser feitos. Só o fechamento destas instalações deve significar para a empresa uma economia de mais de US$ 2 bilhões.

Por Jéssica Monteiro 

Leia também:  Criação de empregos no setor industrial apresentou queda no Brasil

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *