Febraban divulga Tarifas Bancárias que Mais Subiram e Caíram em 2011





A Febraban divulgou esta semana um balanço onde constatou que das 29 tarifas bancárias mais utilizadas pelos consumidores, 10 tiveram aumento durante o ano de 2011.

A tarifa que apresentou o maior aumento foi a de fornecimento presencial do extrato mensal da poupança ou da conta corrente, com aumento de 7,19%. Apesar do alto reajuste, essa tarifa não é alterada desde 2008 por 3 grandes bancos.




Outras taxas que registraram aumento são: saque em caixa eletrônico (alta de 3,49%); tarifa de concessão de adiantamento a depositante (alta de 1,94%); fornecimento de extrato da poupança ou da conta corrente no auto-atendimento (alta de 4,74%); ordem de pagamento (alta de 0,9%); saque presencial de dinheiro da poupança ou da conta corrente (alta de 0,70%); fornecimento da microficha ou do microfilme de cheques (alta de 1,98%), entre outras.

Veja também:  Pagamento de Boletos em Qualquer Banco

Do total de 29 tarifas, 10 tiveram aumento, 17 permaneceram inalteradas e 2 caíram. Considerando apenas a média geral de todas as tarifas, houve uma queda de 11,67% no ano de 2011.


Por Lucas Ferreira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *