Bolsa de Tóquio – Nikkei registra queda acentuada – 15 de Dezembro de 2011



A Bolsa de Tóquio, no Japão, retrocedeu para o índice mais baixo em duas semanas. Acredita-se que o declínio nas tarifas das commodities e as apreensões referentes às complicações da dívida soberana europeia foram os fatores que culminaram na queda da Bolsa.

Hoje (15/12/2011), o Nikkei teve um prejuízo de 141,76 pontos (1,7%), e depois de uma baixa de 0,4% na sessão anterior, encerrou o dia aos 8.377,37 pontos. Entre as últimas seis sessões, esse foi o quinto pregão negativo, apresentando perda de 4% no momento.



Segundo o supervisor de estratégia de investimentos da Okasan Securities, Hideyuki Ishiguro, o mercado está continuamente mais averso aos riscos.

A queda é liderada pelas ações mais susceptíveis aos efeitos da desaceleração da economia global. O estaleiro Nippon Yusen caiu 4,6%, enquanto a Mitsui OSK Lines registrou queda de 5,5%. Entre as empresas de tecnologia, a Tokyo Electron caiu 3% e a TDK baixou 4,4%. Já entre as fabricantes de máquinas, a Hitachi Construction Machinery registrou queda de 4,1%, enquanto a Komatsu despencou 4,2%.



Ao recuar 21%, a Olympus teve a maior perda no Nikkei (amargando a pior baixa da empresa desde o dia 8 de novembro). Por ter feito a correção de vários balanços, a Olympus escapou, por enquanto, do desligamento da lista de Tóquio.

Por Rachel Bressan.

Leia também:  Argentina e Brasil - Barreira à Importação de Produtos Brasileiros não Existe, diz Ministro Argentino

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *