Novo Teto para Classificação de Micro e Pequenas Empresas em Pernambuco




O Governador Eduardo Campos anunciou no dia 16/11/2011 que o novo teto para que um negócio receba a classificação de micro ou pequena empresa será 3,6 milhões anuais. O que fará com que as pequenas e as microempresas de Pernambuco comemorem, e invistam, no ano de 2012.


A decisão foi anunciada no Fórum Permanente, que visa discutir propostas políticas que venham colaborar com o crescimento do setor, que hoje gera 74% dos empregos de Pernambuco, como informa o site www.pernambuco.com.

Conforme a decisão, espelhada em definições dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, os negócios que arrecadam valor abaixo de 30 mil/mês serão classificados como microempresas, já as empresas que arrecadam um valor menor que 300 mil/mês serão classificadas como pequenas empresas.

Campos afirmou que a ousadia está sendo colocada em prática, pois o objetivo é o de fazer a promoção e distribuição de renda e oportunidade.

O foco do Fórum Permanente da Micro e Pequena Empresa é especificamente este, o de proporcionar o equilíbrio entre a possibilidade de gerar o crescimento destes negócios com o desenvolvimento do estado.

Por Mônica Palácio

Leia também:  Economia Brasileira sofre Desaceleração entre Abril e Junho 2010

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *