PIB de 2010 – Bons investimentos e mercado interno forte fizeram a economia brasileira crescer





Corroborando análises já feitas (inclusive pelo próprio diretor do Banco Central), o ministro da Fazenda Guido Mantega afirmou no começo do mês que os fatores que levaram ao crescimento do nosso PIB em 2010 foram os fortes investimentos e o mercado interno robusto.

O índice de 7,5% atingido no ano passado é maior do que o de 1986. É reflexo também do aumento da geração de empregos, da ordem de 2,5 milhões de oportunidades de trabalho.




O destaque dado pelo ministro foi para o crescimento de 21,8% nos investimentos (ou, para ser mais preciso, a Formação Bruta de Capital Fixo), fato que por si só, indica que estamos “crescendo, expandindo a nossa capacidade produtiva, porque investimento significa que novos sistemas de produção estão sendo implantados no Brasil”, completou o ministro.

Veja também:  Previsão de Inflação e PIB no Brasil em 2019

Entretanto, um ponto negativo na avaliação se deve ao desequilíbrio de nossa balança comercial, haja vista o fato de que nossas importações aumentaram em 36,2%, ao passo  que as exportações diminuíram cerca de 11,5%.


Por Alberto Vicente



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *