FMI estima crescimento do PIB brasileiro

Relatório divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) indica haver, atualmente, crescimento da economia global, mas ressalta serem necessárias inúmeras medidas para combater problemas relacionados à questão empregatícia, bem como entraves em bancos situados nas nações desenvolvidas.

Um mote específico às economias emergentes também está descrito no World Economic Outlook (WEO), ou Perspectivas da Economia Mundial. Nos países que abrangem a concepção ‘emergente’, o FMI indica existir perigos de superaquecimento. No relatório, o fundo expressa crescimento global em 4,4%, 0,2% acima do prognosticado em outubro do ano passado. Para 2012, por outro lado, acredita num índice de 4,5%.

Ao Brasil, o FMI prevê alta de 4,5% para 2011, 0,4% superior em relação ao documento anterior. Deste modo, as projeções do Banco Central (BC) por meio do relatório Focus acabam por convergir com as do fundo. Para 2012, porém, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro averiguado pela entidade é de 4,1%, inalterado ante a perspectiva anterior.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: FMI

Leia também:  Vital do Rêgo pede derrubada de vetos aos royalties do petróleo

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *