EUA – Autorização da Importação de Carne Bovina e Suína de Santa Catarina



Intrigada com a suposta concessão de subsídios à importação realizada por Santa Catarina e Paraná, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) por meio de Paulo Pereira da Silva, presidente da Força Sindical, entraram com uma ação direta de inconstitucionalidade contra os dois Estados no Supremo Tribunal Federal. O objetivo é interromper essa situação, que se confirmada poderá realmente ser cortada caso o juiz relator do caso assim decida.

Em meio a essa reclamação, eis que a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs) informou neste início de semana que os Estados Unidos autorizaram a importação de carne bovina in natura e suína de Santa Catarina. Pedro de Camargo Neto, presidente da associação, assegura que a liberação foi publicada em 16 de novembro, terça-feira, no Diário Oficial estadunidense.



De acordo com o portal de Economia UOL, Santa Catarina é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal como imune de febre aftosa sem qualquer tipo de vacinação. Mesmo assim, a exportação de produtos do Estado aos EUA não é automático.

Além desse fato, Camargo prevê que outras liberações e aberturas de mercados provenientes da Coreia do Sul e Japão poderão acontecer devido ao reconhecimento global do serviço de inspeção norte-americano.



Enquanto uns segmentos se contraem, outros se retraem.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  CNI - Investimentos na importação brasileira

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *