Brasil – Orçamentos e Receitas para o governo de Dilma Rousseff



Passada a euforia das eleições com os discursos dos derrotados e principalmente dos vencedores começa agora o momento de se delinear o perfil do próximo governo. Entre especulações sobre o novo ministério, rumores da criação de mais impostos um aspecto fundamental é o orçamento com o qual o governo irá trabalhar em seu primeiro ano no poder.

Com uma campanha calcada na continuação dos programas sociais do governo Lula, o PT alavancou a candidatura da presidenta Dilma Rousseff, mas para mantê-los e ampliá-los, inclusive com reajustes dos valores destes programas sociais, a projeção do orçamento da união deverá permitir um volume de receitas que dêem margem para o governo trabalhar.



E de acordo com matéria do site Economia IG esta margem de trabalho irá existir. Desde o último dia 03 de Novembro a estimativa do orçamento para 2011, do deputado Bruno Araújo (PSDB) está em discussão na Comissão Mista de Orçamento foi revisado e agora contempla um acréscimo de cerca de quase R$ 18 bilhões na receita estimada, o que permitiria certa folga ao novo governo para implementar suas políticas e projetos.

Com a revisão a projeção das receitas da união chegou a R$ 985,3 bilhões baseada principalmente na expectativa de uma arrecadação maior com o imposto sobre operações financeiras (IOF), o REFIS 4, programa de recuperação de receitas tributárias e a decisão da justiça de cobrar a CSLL sobre as exportações.



De acordo com o relator das receitas do orçamento existe espaço até para o novo governo pensar em reduzir a carga tributária, o que poderia impactar positivamente na economia brasileira.

Por Mauro Câmara

Fonte: Economia IG

Leia também:  Índices de Inflação - Previsões de Alta para 2010 e 2011 - Boletim Focus

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *