INCC-M – Índice em Outubro de 2010



A construção civil é um dos segmentos que conta, parcialmente, com estímulos fiscais, mais especificamente sobre os materiais necessários para a edificação e decoração de novas (ou já usadas) moradias – algo aplicado há bons meses por meio da exoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Na última terça-feira, 26 de outubro, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou que o Índice Nacional de Custo da Construção-M (INCC-M) avançou 0,15% neste mês, pouco abaixo da alta de setembro, quando o indicador atingiu a casa de 0,20%. Somente em 2010, revela o portal de Economia Terra, o apontador acumula crescimento de 6,56%.



Materiais, equipamentos e serviços tiveram avanço de 0,27% ante 0,35% do mês passado. O componente mão de obra, por sua vez, pouco oscilou, do 0,03% em outubro ante 0,04% de setembro.

O Índice em questão faz parte de um dos três indicadores do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), o qual, singularmente, contribui por 10% desse referencial.



Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  IPCA poderá chegar a 5,4% em 2016

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *