Brasil e Argentina – Barreiras Comerciais – Restrições à Exportação



A Comissão Europeia pediu ao Brasil e Argentina eliminarem as barreiras comerciais impostas por ambas desde o início da crise financeira mundial, em 2008. Pelos números, foram 330 restrições, algo que segundo o órgão tem se solidificado e aos poucos se transformam em características do comércio mundial.

Essa reclamação não é a única, certamente, e muito se tem de fazer para extirpá-las. Um órgão que pode intervir nessa tendência é a Organização Mundial do Comércio (OMC), porém para Pascal Lamy, seu diretor-geral, a entidade ainda não está totalmente aparelhada para afrontar as restrições à exportação.



Durante as duas últimas décadas, pondera, a organização se aplicou amplamente nas contenções à importação, e as regras referentes à exportação são pouco sólidas. Para enfrentá-las, acredita Lamy, é necessário que membros da OMC lutem contra elas.

Um dos setores que mais sofre com imposições, de acordo com o diretor-geral em reportagem veiculada pelo portal de notícias G1, é o de matérias-primas, que em alguns casos abarca até o dobro de restrições à exportação em comparação a outros segmentos.



Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  Confiança do Consumidor Brasileiro em Investimentos no país cresce em Agosto de 2010

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *