Questões Cambiais – Países Emergentes e a Valorização das moedas



A questão cambial tem sido amplamente debatida, sobretudo nos dias que antecederam à reunião do G20 (grupos das 20 maiores potências econômicas). Para Olivier Blanchard, economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), as nações emergentes têm de aceitar a valorização de suas moedas enquanto a economia mundial ainda se recobra do colapso financeiro.

Para Blanchard, a valorização do câmbio é um componente do reajuste para reposicionar a economia mundial em seu devido lugar. Tal situação observada em muitos mercados emergentes, algo que diminui a competitividade de seus produtos para além de seus domínios territoriais, é decorrente em parte, segundo o Estadão, do grande ingresso de capital estrangeiro.



Algumas iniciativas podem ser utilizadas onde há fluxos de capitais, tais como acumulação de reservas ou controles de capitais, porém sob altos preços. Questionado especificamente sobre as adoções de medidas pelo Brasil (fixação em 6% no Imposto sobre Operações Financeiras para investimentos estrangeiros, por exemplo), Blanchard as considerou somente razoáveis.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Leia também:  Gol terá de pagar indenização de R$5.000 para menino de 08 anos

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *