Produção de Brinquedos no Brasil





Com o Dia das Crianças já ultrapassado e o Natal próximo, crianças em todo o país já comemoraram e devem comemorar ainda mais os possíveis presentes a receber, desde os mais baratos até os mais caros. Recentemente, dirigentes da Associação Brasileira da Indústria de Brinquedos (Abrinq) receberam a visita de Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, para, juntos, comemorarem a produção de um bilhão de brinquedos desde 2003.

Synésio Batista da Costa, presidente da associação, aproveitou o ensejo para entregar ao ex-sindicalista um carrinho de plástico, momento oportuno em que avisou a Lula a pretensão de a indústria nacional faturar R$ 5 bilhões em 2010. A ocasião também foi marcada, segundo o Estadão, pela reclamação de concorrência desleal dos produtos chineses, mesma queixa já observada em outros setores.

Veja também:  Previsão de Inflação e PIB no Brasil em 2019



O segmento, que emprega 26 mil trabalhadores, segundo Synésio, conta com bonecos e bonecas como principal fonte de faturamento, cerca de 41% do total. Lula, por sua vez, disse que a nação brasileira continuará a abrir sua economia, porém, fará todo o necessário para assegurar concorrência franca entre fabricantes nacionais e estrangeiros.

Por Luiz Felipe T. Erdei




Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *