Empresas Abertas no Rio de Janeiro – Expectativas para 2010



O cenário positivo da economia brasileira, quase sempre alimentado por notícias envolvendo maior poder de compra da população, aumento do número de empregos e crédito com acesso mais facilitado ao consumidor, apresenta diversos reflexos explicativos, de norte a sul, leste a oeste.

Na semana passada, a Junta Comercial do Rio de Janeiro (Jucerja), corroborando com a introdução acima, afirmou que até o final de dezembro 40 mil empresas serão abertas somente no Estado do RJ. Carlos De La Rocque, presidente da entidade, assinala que a estimativa, caso seja confirmada, representará incremento de 10% em comparação ao total de empresas abertas no ano passado.



Vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (Sedeis) de acordo com o portal de Economia Terra, informações enunciadas pela Jucerja mostram que o número de novas companhias observadas no Rio de Janeiro atingiu o montante de quase 30,7 mil até setembro. Se a média de três mil mensais permanecer, pondera De La Rocque, seguramente de outubro a dezembro as 40 mil serão alcançadas.

Pelo levantamento, os setores mais almejados pelos cariocas são acessórios e vestuário, bares, restaurante e similares, além de informática, perfumaria e cosméticos. Para o presente da Jucerja, as perspectivas envolvendo negócios são bem interessantes, tanto que renda média avançou mais do que a própria média constatada em todo o país.



Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  Grupo JBS - Queda do Lucro Líquido no 3º Trimestre de 2010

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *