Países Emergentes influenciam o Crescimento da Economia Mundial





Emergentes. Está aí uma palavra corriqueiramente e muito mencionada pela imprensa mundial e por economistas em todos os recônditos do globo. As nações pertencentes a essa alcunha são até privilegiadas, pois atribuem à elas responsabilidades de guinar o desenvolvimento da economia na atualidade.

Brasil, Rússia, Índia e China (BRICs) parecem ter o conhecimento disso, algo traduzido em números. Uma camada de economistas, mais exatamente do Banco Mundial (BIRD), parece também se guiar pelas tendências e acreditam que o crescimento econômico global deverá ser puxado pelos países em desenvolvimento.




No inicio desta semana lançaram um livro sobre o tema. Nele, segundo o portal R7, há dizeres afirmativos de que quase metade do crescimento pelo globo é oriundo dos países em desenvolvimento e que tal prerrogativa deve ser confirmada até 2015, quando finalmente ultrapassarão os desenvolvidos.

Veja também:  Previsão de Inflação e PIB no Brasil em 2019

A obra também atesta que o continente asiático deverá liderar esse movimento. Algumas das justificativas – se é assim possível mensurar – são as classes médias mais amplas, preços mais elevados das matérias-primas e aprendizagem tecnológica mais célere.


Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *