Crise Financeira Mundial





Nesta quinta-feira, 07 de julho, o presidente Luís Inácio Lula da Silva disse que os problemas financeiros pelos quais passam os países considerados ricos, servem de exemplo para que os países do hemisfério sul, onde enquadra-se o Brasil, não repitam o mesmo que fizeram no século vinte, onde acreditava-se que os países desenvolvidos é quem iriam resolver os problemas dos mais pobres.

Agora, para Lula, ficou claro que são eles mesmos que precisam resolver seus próprios problemas. O presidente também ressaltou a posição do FMI e do Banco Mundial diante da crise, especialmente a européia, em que se mantêm calados e sem ação, coisa que não acontecia quando a crise era com os menos desenvolvidos, onde eles sempre interviam e ditavam soluções.




Lula ainda destacou que a crise financeira poderia ter sido deixada de lado se os países envolvidos colocassem em prática o que foi discutido no G20.

Por Elizabeth Preático


Fonte: O Globo



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *