Acordo Comercial entre Brasil e Turquia pode ser Assinado


A crise na União Europeia não atingirá fortemente o Brasil, conforme palavras proferidas por Guido Mantega, ministro da Fazenda. No entanto, o segmento de exportação poderá ser um pouco afetado, na medida em que houver receio por parte dos países devido à desvalorização da moeda norte-americana ante a brasileira.


Miguel Jorge, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, indica que os investimentos de companhias do país no exterior deverão assinalar boa recuperação e atingir, em 2010, montante equivale a US$ 15 bilhões. Embora superior a 2009, 2008 foi mais significativo em 50% ante o ano atual.


Reunido há poucas horas com Recep Taybip Erdogan, primeiro ministro da Turquia, Miguel Jorge disse que a ampliação das empresas brasileiras fora do próprio país é apresentada como ponto crucial ao governo do Brasil, e os turcos são um dos focos pretendidos por empresários da nação tupiniquim.


Reportagem do UOL avalia que existe um objetivo bilateral entre as duas nações. A intenção é dilatar o fluxo de negociações comerciais de US$ 1 bilhão para US$ 5 bilhões em um futuro muito próximo.


Fonte: UOL

Por Luiz Felipe T. Erdei


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.