Confederação Nacional da Indústria (CNI) acredita que Brasil deve Crescer Mais



Frente a frente, Dilma Rousseff (PT), ex-ministra da Casa Civil, José Serra (PSDB), ex-governador de São Paulo, e Marina Silva (PV), senadora – todos pré-candidatos à presidência da República –, convergiram na tarde de 25 de maio, terça-feira, sobre a alta carga tributária brasileira, algo que inúmeros analistas estimam como negativa. Hillary Clinton, em contrapartida, acha os índices interessantes, talvez por desconhecer a realidade integral do país.

Outra temática abordada durante o evento presidido por Armando Monteiro Neto, líder da Confederação Nacional da Indústria, mas correlata ao assunto, foi o famoso crescimento do país, notado, inclusive, por países europeus e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). De acordo com o portal de notícias G1, o presidente da CNI ponderou, neste caso, que o Brasil não só pode como deve se desenvolver mais e mais.



Para obter o tão sonhado status de uma das principais potências econômicas do planeta, Neto indica que o Brasil deve investir em processos de modernização das instituições políticas e econômicas, principalmente no setor industrial, que além de gerar crescimento, incrementa oportunidades de trabalho no mercado e melhor distribuição de renda.

Para conferir mais informações emitidas pelo presidente da CNI, tais como investimentos, renda per capita e reformas, acesse o G1.



Leia também:  Corrupção na Petrobras afeta o Brasil e os preços das ações da estatal

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *