Meirelles está seguro em relação à crise europeia

As diversas crises da história deram uma lição a vários países – principalmente aquela ocorrida em 1929, com a quebra da bolsa de valores de Nova York, e a recente iniciada também nos Estados Unidos devido ao colapso do Lehman Brothers, em 2008. O Brasil, assim como outras – e poucas – nações, conseguiu superar o abalo e hoje é considerada uma das pátrias com maiores atrativos para investimentos.

Mal terminada a crise do biênio 2008-2009, o globo tem enfrentado outra, desta vez, na Europa, devido às altas dívidas gregas. Henrique Meirelles, presidente do Banco Central (BC), afirmou que a entidade por ele liderada está preparada para adotar os mesmos parâmetros utilizados após o problema iniciado nos Estados Unidos, assegurando proteção econômica.

Em reportagem apregoada pelo portal de notícias G1, Meirelles afirmou que o Brasil está de olho em qualquer sinal indicativo de pioras na zona do euro. Como segurança, o presidente do BC garantiu que as reservas internacionais da nação atingiram US$ 250 bilhões e que os depósitos compulsórios, por sua vez, ascenderam ao nível constatado antes da quebra do banco norte-americano.

Conheça mais informações sobre o assunto debatido por Meirelles e outros temas de interesse nacional aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  Carga Tributária Brasileira - Necessidade de Reforma

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *