União Européia deve firmar acordo comercial com América Latina





Noticiado desde a semana passada, a União Europeia espera finalizar acordos comerciais com diversos países latinoamericanos nos próximos dias. Anteriormente, a cúpula dos chefes de Estado de cada local não chegava a um consenso definitivo devido à possível participação de Porfírio Lobo, presidente de Honduras, tido pelos países do bloco como ilegítimo em virtude do golpe ocorrido contra Manuel Zelaya, no ano passado.

Apesar desse pequeno entrave em relação à autoridade hondurenha, Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, e Cristina Kirchner, líder da Argentina, deverão marcar presença no encontro. Hugo Chávez, porém, afirmou, sem motivos explícitos, sua não participação.




Informações lançadas pelo portal de notícias G1 indicam que a União Europeia deverá focar uma linha de crédito de 225 milhões de euros à América Latina, como maneira de elevar investimentos no bloco.

Desde 2004 as relações comerciais entre a UE e o Mercado Comum do Sul (Mercosul) foram interrompidas, sob a justificativa, por parte do continente sulista, de que as ofertas de acesso ao mercado agricultor eram pouco rentáveis.


Conheça mais informações no G1.

Por Luiz Felipe Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *