Fábrica de Medicamentos EMS abrirá unidade em Cuba


O sucesso de medicamentos genéricos brasileiros extrapolou nossas fronteiras e passará a integrar uma das nações mais fechadas do mundo: Cuba. De acordo com o Portal de Economia do Estadão, a fabricante EMS instalará uma de suas unidades no país de Raúl Castro.


A construção da fábrica será em sociedade com a Heber Biotec, empresa de origem cubana, e terá por fim, pelo menos ao Brasil, utilizar Cuba como meio de exportações de medicamentos genéricos a essa região.


Os Estados Unidos também visam fazer o mesmo, independentemente da condição histórica e social entre ambas os países. Segundo o Estadão, a iniciativa brasileira em conjunto a Cuba poderá incomodar as indústrias farmacêuticas estadunidenses, pois a nação do irmão de Fidel Castro tem problemas com relação à propriedade intelectual.


Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, parece ter aproveitado bem os lugares por onde passou, em Cuba. Considerado uma das personalidades mais influentes do mundo, o brasileiro continua a estabelecer relações importantíssimas à nação tupiniquim. Se tudo se mantiver, o Partido dos Trabalhadores (PT) ingressará nas eleições presidenciais com vantagens ante os demais partidos.


Para ler mais informações, acesse aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.