Fábrica de Medicamentos EMS abrirá unidade em Cuba





O sucesso de medicamentos genéricos brasileiros extrapolou nossas fronteiras e passará a integrar uma das nações mais fechadas do mundo: Cuba. De acordo com o Portal de Economia do Estadão, a fabricante EMS instalará uma de suas unidades no país de Raúl Castro.

A construção da fábrica será em sociedade com a Heber Biotec, empresa de origem cubana, e terá por fim, pelo menos ao Brasil, utilizar Cuba como meio de exportações de medicamentos genéricos a essa região.




Os Estados Unidos também visam fazer o mesmo, independentemente da condição histórica e social entre ambas os países. Segundo o Estadão, a iniciativa brasileira em conjunto a Cuba poderá incomodar as indústrias farmacêuticas estadunidenses, pois a nação do irmão de Fidel Castro tem problemas com relação à propriedade intelectual.

Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, parece ter aproveitado bem os lugares por onde passou, em Cuba. Considerado uma das personalidades mais influentes do mundo, o brasileiro continua a estabelecer relações importantíssimas à nação tupiniquim. Se tudo se mantiver, o Partido dos Trabalhadores (PT) ingressará nas eleições presidenciais com vantagens ante os demais partidos.


Para ler mais informações, acesse aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *