Crise Financeira não afeta Medicina – Setor teve Crescimento em 2009



Embora a crise financeira mundial tenha feito diversas vítimas, um dos setores de suma importância não correu riscos. Produtos, equipamentos e suprimentos para a área de medicina, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Importadores de Equipamentos, Produtos e Suprimentos Médico-Hospitalares (Abimed), finalizaram 2009 positivamente.

O Estudo, que levantou informações até outubro do ano passado, revelou que o segmento continha mais de 10 mil empresas e gerava aproximadamente 100 mil empregos diretos e outros 200 mil indiretos. Os dados se aproximam dos revelados pelo Ministério do Trabalho, que divulgou um crescimento de 6% no setor, em empregos diretos, ante 2008



Além desses pontos positivos, as vendas em todo o segmento, tais como artigos médicos, ortopédicos, farmacêuticos e de perfumaria ascenderam quase 12%, conforme levantamento executado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Um montante de US$ 2 bilhões nos dez primeiros meses do ano passado foi movimentado por importadoras de produtos e equipamentos médico-hospitalares no território brasileiro, o que comprova o potencial do setor.



Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  Investidores elogiam decisões brasileiras, diz Meirelles

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *