Ministro do Planejamento acredita que crédito superará 50% do PIB até final de 2010



Paulo Bernardo, ministro do Planejamento, afirmou que a liberação de crédito no Brasil deve alcançar mais de 50% do PIB brasileiro no final de 2010. De acordo com ele, esse percentual já foi conjeturado entre os objetivos macroeconômicos apregoados juntamente ao PAC para os últimos dias de 2010.

Para Bernardo, a elaboração do crédito consignado representou um grande progresso, porque colaborou com uma baixa nos juros cobrados pelo mercado. Ainda nesse pensamento, destacou que mais de R$ 100 bilhões foram emprestados por meio do famigerado crédito consignado.



Mesmo assim, o ministro avaliou que o governo dificilmente conseguirá atingir a meta de 21% em investimentos no final de 2010, cravada, também, no dia do lançamento do PAC.

Por Luiz Felipe T. Erdei



Leia também:  Previsão de Crescimento da Economia do Brasil em 2010 deve ser revista

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *