Daimler pretende realizar corte de mil funcionários




Mais outra – e importantíssima – empresa almeja diminuir seu quadro de funcionários. Desta vez, a gigante é a montadora alemã Daimler, que pretende cortar, aproximadamente, mil empregos nas suas operações de veículos de passageiros Mercedes-Benz.

Por meio de uma medida intitulada “pacote de compensações”, a montadora assegura que uma redução das horas de trabalho e licença de até três anos serão oferecidas. Portanto, a dimensão da reestruturação da companhia dependerá de quantos empregados aceitarão esse acordo. Mesmo assim, o acerto trabalhista que descarta demissões nas operações alemãs da Daimler até o fim de 2011 continuará vigente.


Curiosamente, há uma semana, a Daimler disse estar bem disposta no mercado e com confiança suficiente para gerar bons números no próximo ano. De qualquer maneira, isso pode ter sido algo meramente especulativo, pois a montadora também foi atingida pela crise financeira mundial, bem como a conseqüente desaceleração industrial.

Por Luiz Felipe T. Erdei.




Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *