Classes C e D poderão adquirir micro-seguro em 2010

Atualmente, as classes menos favorecidas da sociedade começaram a participar, de fato, dos planos do Governo e de grandes corporações. A novidade, agora, é um marco regulatório que tem por fim oferecer micro-seguros a pessoas com renda de até três salários mínimos por mês, ao valor de R$ 10.

As classes “C” e “D”, ou seja, as beneficiadas, poderão ingressar nesse novo intento já no ano que vem. Armando Vergílio, presidente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), afirma que o governo enviará uma Medida Provisória (MP) ou um projeto de lei com pedido de urgência ao tão famoso Congresso Nacional.

Para a Susep, em sua totalidade, em um prazo de cinco a seis anos, as operações de micro-seguros poderão atingir cerca de R$ 40 bilhões anuais. O governo, entre outras medidas substanciais, visa desonerar, para este projeto, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

Por Luiz Felipe T. Erdei

Leia também:  Arrecadação de tributos caiu em julho de 2015

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *