Compensação de Cheques – Novas Regras



  

Os cheques de qualquer valor poderão ser compensados em até um dia útil.

Para quem trabalha com cheque e está sempre tendo que esperar para que eles possam ser compensados, esse tipo de problema não vai mais atrapalhar.

É que acaba de ser anunciado que a compensação de cheques a partir de agora passará a ser realizada com apenas um dia considerado útil. A nova regra vale até mesmo para cheques com valores menores que R$300, que geralmente teriam que esperar até dois dias úteis para a sua compensação pelos bancos.

Essa modificação no prazo de compensação de cheques não surge assim do nada. Aliás, para que ela entrasse em rigor foi crida uma Circular, que o Banco Central tratou de divulgar na última segunda-feira, dia 27 de novembro.

Assim, a sistemática nova adotada para a compensação de cheques passa a ser válida em todos os bancos do país.

É claro que não será de um dia para o outro que as agências bancárias poderão adotar esse novo sistema. Por isso, para que posam se organizar de forma prática e objetiva foi estipulado um prazo total de 180 dias para que possam de adequar.

Veja também:  Qual é o Valor Potencial de Um Bitcoin?

De acordo com informações divulgadas pelo Banco Central, esse novo sistema de compensação de cheques irá levar a uma redução no número de cheques que estejam em circulação. Além disso, haverá um considerável aumento na capacidade tecnológica para esse tipo de processamento, de modo que não é mais necessário manter uma faixa de valores para que sejam realizadas as compensações.

Outra informação relevante sobre os cheques é de que entre os meses de março do ano de 2005 e outubro do ano de 2017, a quantidade de cheques que foram processados a cada mês pela Compe caiu muito, sendo que estava em 70 milhões caindo para 42 milhões.

O Banco do Brasil informou que uma unificação na compensação de cheques, que atualmente é separada de acordo com seus valores, irá permitir que haja um ganho maior em termos de eficiência nos serviços e também na redução dos custos financeiros e também operacionais, para o sistema todo de bancos que atuará com base no Banco Central que possui uma linha de medidas que visam deixar o crédito mais em conta, aumentando a promoção da educação financeira, modernizando as leis e fazendo com que o sistema financeiro fique mais eficiente.

Veja também:  Criptomoeda - O Que é e Como Funciona




Tais alterações são de acordo com os objetivos que o Banco Central possuem no intuito de levar ao aprimoramento dos vários meios de pagamentos, deixando-os mais eficientes e mais seguros para aqueles que se utilizam desses serviços.

Nesse sentido, segundo as novas regras os cheques poderão ser compensados com um dia útil, até mesmo cheque com valores que sejam menores que R$300.

Diante disso, quem trabalha com cheques, independente de seus valores não terão mais que esperar para que eles sejam compensados, pois independente do valor eles, de acordo com essa nova regra que já está valendo, serão compensados em apenas um dia útil, o que deixará as coisas muito mais eficientes e até mesmo menos burocráticas.

Contudo, vale lembrar que embora o novo sistema de compensação de cheques já esteja valendo, cada agência deve oferecer o serviço de acordo com seu tempo. Para isso foi estipulado o prazo de 180 dias, ou seja, sãos seis meses de adaptação desse novo sistema.

Veja também:  Mercado de Opções - O Que é, Como Funciona, Principais Mecanismos

Dessa forma, para que não existam enganos na hora de compensar seus cheques consulte a sua agência sobre esta questão, pois somente depois que este prazo de 180 dias passar é que os bancos poderão ser fiscalizados e autuados caso seja necessário.

Para ter acesso a estas e outras informações sobre o novo sistema de compensação e cheques (Compe) acesse o site do BC.

Por Sirlene Montes

Cheque



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *