Pagamento INSS 2018 – Calendário



  

O cronograma de pagamento acontecerá da mesma maneira como já vem ocorrendo em anos anteriores. Confira.

Quem é aposentado e pensionista do Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, já pode começar a se programar para o orçamento do próximo ano. Isso porque o instituto já confirmou quais são as datas de pagamento de todos os benefícios para 2018.

Com divulgação oficial do novo calendário no final da última semana, o mesmo já está disponível no portal da Previdência Social, no endereço www.previdencia.gov.br. Outro site que também disponibiliza a tabela é o do próprio Instituto no HTTPS://portal.inss.gov.br.

Mesmo esquema de anos anteriores

É possível perceber pelo cronograma de pagamento que esse acontecerá da mesma maneira como já vem ocorrendo em anos anteriores. Sendo assim, conforme a entidade, aqueles que recebem um salário mínimo, terão os seus depósitos referentes a janeiro realizados entre as datas de 25 de janeiro a 7 de fevereiro.

Já os segurados que possuem uma renda mensal acima do piso previdenciário nacional, os pagamentos serão creditados somente a partir de 1º de fevereiro de 2018. É importante lembrar, todavia, que em caso de que o dia caia em feriados, o valor somente é transferido e depositado no primeiro dia útil seguinte.

Veja também:  BTG Pactual - Indicação de Ações para Investir em Março 2017

E para não perder nenhum prazo, os beneficiários precisam estar atentos, pois o dia de depósito dos proventos depende de cada número final do cartão do benefício, não considerando o último dígito verificador. Para quem não sabe, esse é aquele que aparece após o traço.

Ampliação do prazo de inscrição no CadÚnico

Uma fonte ligada ao governo federal divulgou que será ampliado em pelo menos mais um mês o prazo para a inscrição de pessoas no Cadastro Único, o CadÚnico. Uma vez que a data acabaria em 31 de dezembro, quem recebesse o Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica de Assistência Social, o BPC/Loas, pago pelo INSS, corria um risco de perder a sua renda mensal, estipulada essa no valor de um salário mínimo nacional, ou seja, de R$ 937.





O governo avaliou a necessidade de uma ampla campanha para informar a população sobre o prazo final do benefício, estando esse ainda em estudo. Um motivo alegado pela fonte, inclusive, é a de que muitos não recebem o seu valor, pois não sabem que ele existe e, ainda, não possuem informações sobre o prazo de cadastramento.

Veja também:  Qual é o Valor Potencial de Um Bitcoin?

Sem o recadastramento, portanto, o benefício é automaticamente cortado, mesmo que o usuário tenha direito sobre ele.

O que é o INSS e quem possui direito sobre ele?

O INSS foi criado em 1988 como uma organização diretamente vinculada ao Ministério da Previdência Social. Ele é encarregado de diversas atividades, estando entre elas a arrecadação da quantia que é paga pelos contribuintes no programa e, também, o pagamento de benefícios diversos, podendo-se citar as principais que são: aposentadoria, auxílio-doença, pensão por morte e auxílio-acidente.

Sobre o benefício, têm direito os idosos a partir da idade de 65 anos e pessoas que possuem alguma deficiência. Vale informar que, nessa última categoria citada, independe a idade do beneficiado.

Além disso, a renda familiar precisa ser inferior a um quarto do salário mínimo por pessoa, ou seja, de R$ 234,25. É importante lembrar que o valor é equivalente a um salário mínimo mensal do INSS, não contando o 13º salário.

Veja também:  Heineken anuncia acordo de Compra da Brasil Kirin Holding

Conforme o Instituto, atualmente são mais de 30 milhões de brasileiros que recebem os benefícios, entre pensionistas, aposentados, segurados por auxílio-acidente e auxílio-doença. Todos os meses, a previdência estima ainda que mais de R$ 29 bilhões em pagamentos são disponibilizados, ajudando a aquecer a economia do Brasil.

Para quem tiver alguma dúvida ou quiser alguma informação sobre o programa, pode consultá-las pelo site oficial da Previdência, no endereço já disponibilizado anteriormente.

Por Kellen Kunz



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *