Banrisul – Recomendações de Compra e Venda de Ações em Maio de 2017



  

Confira aqui quais são as ações que o Banrisul recomenda a compra e a venda neste mês de maio de 2017.

No mês de maio, Banrisul faz recomendação para que comprem nove ações para e vendam uma. Dessa forma, a corretora acaba por manter a estratégia de proteção da carteira por meio da posição vendida. A carteira recomendada é algo elaborado com o objetivo de oferecer as melhores alternativas de investimentos nas ações e facilitar a escolha do investidor.

A equipe que faz as análises na corretora Banrisul fez a divulgação de sua carteira recomendada para este mês. Mediante a indicação de investimento em nove ações e venda de uma, a empresa explica que tal apontamento leva em consideração vários fatores, como é o caso da análise gráfica e da fundamentalista, bem como as comparações entre pares, correlações estatísticas, entre outras.

Veja também:  Ether - O Que É e Como Funciona a Moeda Virtual

De acordo com a corretora, por conta do recálculo das estimativas para os ativos que apresentam maior potencial, como é o caso da B2W e da Valid, implicou na diminuição das posições em ativos com volatilidade menor, como as ETFs do Ibovespa, a Cielo e a Fibria.





No mês de abril, a carteira recomendada apresentada pela corretora obteve valorização de 3,78% e o Ibovespa aumento 0,6% no mesmo período. Observa-se que, no que se refere ao acumulado do ano, os ganhos da carteira alcançam 16%, um valor quatro vezes mais elevado do que seria possível obter na renda fixa (8,6%). Nos últimos 12 meses, houve acúmulo de alta na carteira de 98% e no Ibovespa de 21,3%.

Veja também:  Como Comprar Ações de Empresas Estrangeiras com Bitcoin

De acordo com a carteira, as empresas de risco alto são: Gafisa (peso 14%) e B2W Digital (peso 12%). Já as empresas de médio risco são: Valid (peso 16%); Cielo (peso 12%); BR Properties (peso 12%); Fibria (peso 11%); Embraer (peso 11%); Estácio (peso 11%); Totvs (peso 10%) e ETF do Ibovespa (peso -9%).

Analisando a carteira recomendada, observa-se que mantiveram a estratégia de proteger a carteira via posição vendida. Depois das fortes altas observadas em janeiro e fevereiro deste ano, alcançando patamares não observados desde 2012, a baixa que ocorreu no mês de março não fez com que se retirasse a atratividade de tal tipo de operação, de acordo com a corretora, que faz a recomendação de que sejam vendidas as ETFs do Ibovespa.

Veja também:  Lucro do FGTS - Como Sacar, Quando e Quem Tem Direito

Iris Gonçalves



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *