Ações Indicadas pelas Corretoras – Abril 2017



  

Confira aqui as ações de empresas indicadas pelas Corretoras neste mês de abril de 2017.

Para um ano recém-saído de um período de turbulências econômicas, 2017 parece dar mostras de quem poderá iniciar um período mais calmo, porém, com muitas surpresas ainda. Um exemplo disto é a reação no mercado econômico de papéis de empresas que foram alvo de muita polêmica no ano passado.

Um exemplo daquilo que promete ser uma da maiores surpresas em 2017 é crescente valorização das ações da Petrobras, cujo aporte de valores foi recomendado por quase 100% das corretoras de valores no país. Em segundo, se destacou o Itaú Unibanco e em terceiro a B3.

Veja também:  Fim do Bitcoin - Moeda Digital pode Desaparecer ou Virar Duas Diferentes

A indicação da estatal brasileira de petróleo foi corroborada pela Bradesco Corretora, que justificou o fato de que os preços do barril foram mantidos no mercado internacional, assim como o fato da recuperação da empresa no mercado internacional frente aos problemas judiciais enfrentados com a justiça dos Estados Unidos.

Segundo a avaliação da corretora, a Petrobras mostrou uma ampla recuperação, em virtude da adoção de políticas internas de reestruturação e corte de gastos, o que auxiliaram na eficiência em manter uma produção adequada de barris de petróleo, o que ajudou a manter estável a sua cotação internacional. Isto levou a uma recuperação de sua credibilidade frente aos investidores e possibilitou a sua reabilitação como estatal de peso frente ao mercado mundial.

Veja também:  Ranking dos Bancos com Maiores Reclamações no Primeiro Bimestre de 2017




A avaliação positiva do Itaú Unibanco feita pela Citi Corretora mostrou que a o balanço positivo da instituição publicado neste ano mostrou um lucro que deu maior credibilidade e estabilidade frente ao mercado econômico. O seu capital positivo mostrou aos investidores que o lucro é certo para uma organização bancária que é capaz de crescer através de um investimento próprio.

Para a B3, a sua avaliadora concluiu que a fusão da Bovespa, da Cetip e da BM&F, geraram um patrimônio positivo e um retorno garantido de lucro aos seus investidores, o que a credencia como uma das melhores ações para se investir atualmente no mercado, ao lado da Petrobrás e do Itaú Unibanco.

Veja também:  Grupo JBS - Marcas que pertencem a Empresa

Emmanoel Gomes



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *