Benefícios do ERP para as empresas



  

ERP é um software de gerenciamento geral em tempo real. Ele observa tudo o que acontece com todos os recursos e auxilia na decisão de plano de uso dos mesmos e estratégia do empreendimento.

O ERP – sigla para enterprise resource planning, planejamento de recursos empresariais – é um software de gerenciamento geral em tempo real. Ele, além de observar tudo o que acontece com todos os recursos, auxilia na decisão de plano de uso dos mesmos e estratégia do empreendimento.

É possível controlar através do programa desde o fluxo de caixa diário e cartão-ponto dos funcionários até o fechamento do balanço contábil e o recolhimento de impostos sobre o faturamento. Com a otimização de processos, elimina-se tempo e dinheiro gastos neles.

Veja também:  CDB - O Que é, Como Funciona e Como Escolher

Com a ferramenta, é possível ainda aumentar a rentabilidade da empresa. O sistema permite o acompanhamento das movimentações de venda da empresa em loja matriz e nas filiais, para o controle total do faturamento. Com o mecanismo de controle de estoque, é mais difícil acontecer perdas e economiza-se tempo de conferência por funcionários – livres para outras funções necessárias. O ERP pode ainda auxiliar na escolha de fornecedores, buscando o melhor preço e levando em conta a qualidade.

O aplicativo divide-se em três funcionalidades e dois módulos de ação.





Na função de aplicação estão os cadastros de processos, recursos, despesas e investimentos. No banco de dados, o armazenamento geral de todos os registros. E framework encarrega-se de configurar e criar parâmetros de pesquisas internas e relatórios.

Veja também:  Bitcoin é uma bolha?

O módulo de visão de departamento gerencia e trabalha todas as operações financeiras da empresa – compras, vendas, contabilidade, folha de pagamento. Cada área ou operação fica disponível apenas para as pessoas autorizadas a determinado assunto. E a segmentação avalia e auxilia a visão departamental na execução das rotinas padrões empresariais como contabilidade, folha de pagamento e área fiscal.

O ERP funciona basicamente como um integrador e facilitador de processos dentro de uma só ferramenta. E suas consequências de ação se dão com agilidade, economia e controle preciso sobre ativos e passivos. Ainda fez-se possível a mudança de estratégia da empresa por demonstrativos mais específicos de vendas ou produtos.

Por Bruno Klein



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *