Caiu a intenção do obter crédito dos pequenos empresários



  

Intenção de empreendedores que pensam em contrair crédito caiu cerca de 8% em junho.

Os micro e pequenos empresários não estão tão interessados assim em obter crédito e a intenção de empreendedores que pensam em contrair crédito nos próximos 90 dias caiu cerca de 8% no mês de junho. Os números são apontados pelo SPC Brasil – Serviço de Proteção ao Crédito, e também pelo CNDL – Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

O levantamento feito pelo SPC e CNDL mostra um cenário típico de um país em crise econômica como o Brasil, pois o pequeno empresário quase sempre sai em busca de crédito quando a economia vai bem e, no intuito de alavancar as vendas e fazer com que sua empresa cresça, busca recursos para a compra de material, equipamentos e até para melhorar a infraestrutura da empresa.

Veja também:  Fnac anuncia Saída do Brasil

Mas diante de uma economia estagnada e a falta de perspectiva para que este quadro melhore, os pequenos empresários estão preferindo não se arriscar em arcar com um crédito agora e depois se encontrarem em situação complicada para conseguir manter o pagamento em dia.

Para termos uma ideia de como a situação está crítica, basta analisarmos este levantamento feito pelo SPC/CNDL. De acordo com o levantamento feito, o indicador chegou a apenas 16,36 pontos, sendo que, quando mais próximo estiver de 100, que é o máximo, maior é a intenção dos empresários de procurarem por crédito. Indicando apenas 16,36 pontos, o levantamento aponta que a grande maioria dos pequenos empresários não vai se arriscar agora, adquirindo um crédito que não vai lhe trazer os retornos esperados, já que a economia ainda não deu sinal de melhora.

Veja também:  Criptomoeda - O Que é e Como Funciona




A pesquisa realizada pelo SPC/CNDL ainda mostrou um dado preocupante, onde 34,25% dos empresários estão achando muito difícil ter crédito aprovado aqui no Brasil, ou seja, os poucos empresários que ainda resolvem investir e contribuir para a melhora da economia, acabam não conseguindo acesso ao crédito.

E o principal motivo para o não acesso ao crédito é a burocracia e as altas taxas de juros que dificultam a tomada de crédito e esta quando é feita, penaliza o pequeno empresário que paga caro pelo empréstimo realizado. Os empresários estão bem mais cautelosos e não querem saber de assumir compromissos a longo prazo, já que, apesar do Governo dizer que não, 2016 promete ser um ano muito difícil.

Veja também:  Atualização dos Dados do CPF pela Internet

Por Russel

Intenção de crédito



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *