Ibovespa encerrou em alta o dia 9 de abril



  

Bovespa fechou o dia com alta de 0,26% a 53.802,66 pontos

O Ibovespa, índice de destaque da Bolsa Brasileira, terminou com elevação de 0,26% na quinta-feira (9), a 53.802,66 pontos. É o índice mais elevado em mais de quatro meses, sendo desde 28 de novembro do último ano, no momento que a pontuação foi de 54.664,36. A elevação corta uma série de duas quedas. No dia antecedente, o nível tinha caído 0,13%, a 53.661,11 pontos.

A elevação da quinta foi impulsionada pelos lucros das ações da Petrobras. O mercado continua na perspectiva de que o balanço auditado da companhia, com base no último ano, seja anunciado nos dias seguintes. De acordo com reportagem do jornal “Folha de S.Paulo”, a postagem poderá ocorrer até o dia 20 de abril.

Veja também:  Ranking dos Bancos com Maiores Reclamações no Primeiro Bimestre de 2017

As ações de preferência da empresa (PETR4), com preferência na distribuição de dividendos, ampliaram 9,06% a R$ 11,56. As ações ordinárias (PETR3), com base no voto em assembleia, aumentaram 9,28%, a R$ 11,54.

O dólar comercial aumentou 0,47% e terminou em R$ 3,071 na venda. Trata-se do menor valor de encerramento desde 5 de março, no momento que o dólar tinha o valor de R$ 3,012. Na sessão antecedente, a moeda tinha caído 2,48%, a R$ 3.056 na venda, sendo o valor mais inferior em mais de um mês.





As Bolsas da Europa de destaque terminaram em elevação, depois do anúncio de informações positivas a respeito do ramo automotivo. A maior elevação ocorreu na Bolsa de Portugal, com 1,96%. O mercado de ações no território francês aumentou 1,4%, e no território inglês, 1,12%. A Bolsa de Frankfurt aumentou 1,08%, a do território italiano avançou 0,96% e a do território espanhol subiu 0,68%.

Veja também:  Heineken anuncia acordo de Compra da Brasil Kirin Holding

As Bolsas da Ásia e do Pacífico terminaram em queda, exceto as Bolsas do Japão e de Hong Kong. As Bolsas do território chinês caíram 0,91%, e no território australiano, 0,48%. O índice Nikkei do Japão aumentou 0,75% e a Bolsa de Hong Kong aumentou 2,7%.

Por Felipe Couto de Oliveira

Bovespa



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *