Ibovespa fechou queda no dia 8 de abril



  

Índice atingiu queda de 0,13%, com 53.661 pontos

Na última quarta-feira, 8 de abril, o indicador do mercado de ações na Bolsa de Valores, o Ibovespa, abriu em 1,22% contando com 53.731,93 pontos. No último pregão realizado o índice Bovespa tinha sido cotado em 53.729,16 pontos. Contudo, o fechamento do índice indicou que ele teve uma queda de 0,13% ficando em 53.661 pontos.  

Este índice da Bolsa de Valores de São Paulo indica o desempenho médio das ações principais que são negociadas na BM&FBovespa. A seleção das ações que compõem o índice é feita de acordo com o volume de títulos negociados nos meses anteriores à cotação, sendo assim, são selecionadas aquelas que conseguiram os maiores volumes negociados.  

Veja também:  Bolsa de Valores - Ações Recomendadas pelas Corretoras - Maio de 2017

Na data citada acima, 76,1% dos  ativos que são negociados na bolsa iniciaram o pregão em alta, as mais importantes ficaram por conta da Viavarejo ON, Eneva ON, Direcional Engenharia, cada uma delas com uma valorização de +0,00%. Os ativos que começaram o pregão em baixa nesta ocasião foram Magazine Luiza (-7,30%), Forja Taurus PN (-3,16%), Gp Invest DR3 (-2,81%). Estes foram as maiores baixas registradas no início das negociações.

Com toda a desconfiança que ronda a movimentação das ações da Petrobras, as ações preferenciais e ordinárias foram cotadas inicialmente em R$ 11,10 (alta de 1,93%) e R$ 11,05 (alta de 2,03%). Já durante o dia, o índice chegou a 1,36% alcançando 54.458 pontos, recuando depois e finalizando o dia com 53.661 pontos. No final do dia o volume financeiro tinha ficado em R$ 8,2 bilhões.  

Veja também:  Compras com Cartão poderão ter Valores Diferentes




No que se refere às ações da Petrobras elas finalizaram o dia em queda de 2,66%. Algo especulado durante o dia foram os efeitos da aquisição do BG Group, esta companhia foi adquirida pela Royal Dutch Shell.   

O dólar registrou queda de quase 2,5%, isso permitiu que o cenário político brasileiro fosse visto com mais esperanças, logo, isso pressionou para que as ações de certas empresas que se beneficiam com um real mais baixo como a Embraer, siderúrgicas e fábricas de celulose e papel.  

Por Melina Menezes

Bovespa



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *