Maior oferta das ações da Sanepar na Bolsa de Valores



  

A Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) aprovou no dia 19 de março, o Projeto de Lei que tinha como objetivo o aumento do capital social da Companhia de Saneamento do Paraná, conhecida popularmente como Sanepar. O objetivo era justamente um maior lançamento de ações na Bolsa de Valores, Mercadoria e Futuros. É importante destacar que o autor do projeto foi o próprio atual governo do Paraná, onde o mesmo utilizou manobras que visaram acelerar a votação e garantir a aprovação do Projeto de Lei.

Caso ainda não saiba muito a respeito do assunto em questão é importante destacar que o Projeto de Lei aprovado autoriza o Governo Estadual do Paraná a negociar R$ 4 bilhões em ações, um valor bastante superior aos R$ 2,6 bilhões atuais. Outro detalhe importante é que não se devem ter limitações para a aquisição de ações, no entanto, o Governo do Paraná é quem irá continuar com o controle da empresa. Um dos argumentos para a aprovação do Projeto de Lei por parte do governo local é que a medida busca valorizar ativos do estado do Paraná, visando assim manter a qualidade dos serviços ofertados pela Sanepar, bem como assegurar investimentos com a mesma.

Em meio às promessas e garantias do atual governo em relação ao projeto de lei, a proposta sofreu grande resistência por parte da oposição. Na primeira votação foram 32 votos a favor e 15 contra e, na segunda 31 votos a favor contra 16. Dentre os argumentos dos deputados de oposição a aprovação do projeto é quando a crítica de que as manobras do governo com a Sanepar serão apenas para equilibrar as contas do governo atual. Abaixo segue declaração de deputados de oposição ao projeto:





Veja também:  Bolsa de Valores - Ações Recomendadas pelas Corretoras - Maio de 2017

“Hoje as ações estão em torno de R$ 5,00 a R$ 6,00. A gente está suspeitando que possa estar havendo uma transação para não acontecer, para desovar recursos em consultoria, que é uma forma de fazer caixa para outros fins”.

Por Bruno Henrique



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *